14 de julho, 2024

Últimas:

Botucatu: Família recebe carta com ameaça caso cachorra não pare de latir

Anúncios

Uma família moradora do Bairro Alto, na região central de Botucatu, recebeu na manhã da terça-feira (29) uma carta com ameaça de morte para a cachorrinha da casa.

De acordo com a tutora do animal, a família mora no local há cerca de 1 ano e meio e a cachorrinha foi presente de sua irmã para o filho.

Anúncios

“A minha cadelinha late durante dia quando vê alguma coisa diferente na rua, assim como a maioria dos cães. Eu deixo ela no quintal da frente e a noite já coloco ela para dentro de casa. Não desconfio de ninguém, moro aqui a um ano e meio. assim que mudei ganhei ela. Nunca ninguém veio reclamar para mim.

Uma carta deixada no portão da casa, foi encontrada logo pela manhã, pelo marido da tutora, com os dizeres: ” Vê se dá um jeito nesse vira-lata. Late 24 horas. Vou matar essa bosta”.

Não sei o que fazer. Estou morrendo de medo que algo possa ocorrer com ela.

Matar animais é crime. O que trata disso é o artigo 32 da Lei dos Crimes Ambientais, de 1998. A lei prevê detenção de três meses a um ano, além de multa, para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar” qualquer tipo de animal. Se houver a morte do bichinho, a pena aumenta até um terço. Quem praticar “experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos” também pode sofrer a mesma condenação.

Anúncios

Leia Notícias

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Maria Bozzoni Lourenço – 85 anos Sepultamento Cemitério Portal das Cruzes 15/07/24 às 10h Velório Complexo Funerário Anúncios Genitora...

Categorias