Botucatu: Em nova versão, Secretário de Saúde não confirma aplicação de vacinas vencidas contra Covid e fala em “erro no registro das doses no sistema”

A Prefeitura de Botucatu na noite desta sexta-feira, 02, divulgou uma nova versão sobre as vacinas da AstraZeneca que teriam sido aplicadas fora do prazo de validade em munícipes, após apuração.

Durante a tarde, a Prefeitura havia informado os veículos de Comunicação que “das 8 doses informadas pela reportagem, apenas 5 foram aplicadas em pacientes da Cidade, que serão convocados para terem a dose repetida. As demais não se encontram em registros da Secretaria Municipal de Saúde, o que pode configurar erro na digitação”.

Porém, na noite desta sexta-feira, 02, o Secretário de Saúde, André Spadaro, mudou a versão passada pela Prefeitura. Segundo a Comunicação, a resposta foi atualizada após nova apuração.

O Secretário de Saúde, no Boletim Diário divulgado pela Prefeitura, na noite desta sexta-feira, 02, disse se tratar de um erro de registro no sistema. “Para esclarecer notícias que geram desinformação em Botucatu e no Brasil. Não há motivos para preocupação em relação a notícia de suposta aplicação de vacinas contra Covid-19 de lotes fora do prazo de validade. A Secretaria de Saúde está verificando supostos oitos casos apontados pela matéria e verificou até o momento se tratar de situações de erro no momento do registro da dose no sistema. Ao avaliar a carteirinha de vacinação dos indivíduos já localizados hoje, pudemos constatar que a data e lotes corretos estão registrados na carteirinha, dentro do prazo de validade e a correção do registro no sistema está sendo efetuada. Se eventualmente encontrarmos algum caso que confirme uma aplicação inadequada, vamos informar o cidadão, seus familiares, divulgar no Boletim, além de administrar uma nova dose conforme recomendação do Ministério da Saúde”.

Porém, não foi informado quantas pessoas relacionadas as 8 doses foram localizadas e apuradas. Também não foi explicado se o erro de registro foi por parte de profissionais da Saúde de Botucatu, do Governo Estadual ou Federal.

Conforme já amplamente divulgando, em todas as reportagens sobre a situação, nenhuma das doses vencidas integrou a campanha de imunização em massa ocorrida em 16 de maio, que teve justamente o uso da AstraZeneca. Na oportunidade, mais de 80 mil moradores acima de 18 anos receberam o imunizante no estudo que avalia a efetividade do mesmo.

Jornal Leia Notícias

Últimas

Brasil vence a França no vôlei masculino

01 ago 2021

A vaga já estava garantida. Mas, em um clássico, isso pouco importa. Neste domingo, o Brasil...

Categorias

Scroll Up