Botucatu: Coronavírus – Prefeitura ajusta decisão sobre aulas na Cidade. Alunos que faltarem, a partir de hoje, terão as faltas abonadas

Na tarde desta segunda-feira, 16, o Prefeito de Botucatu, Mário Pardini, divulgou ajustes e mudanças nas medidas de combate a Covid-19, que deverão ser ajustadas diariamente, se necessário.

A mudança se deve as aulas na Cidade. Agora, a partir de hoje, as crianças que não forem para a aula, por opção dos pais, ou por apresentarem algum sintoma, terão as faltas abonadas, não apenas a partir do dia 30 de março, quando iniciará a antecipação das férias escolas. “Embora não se observe alteração epidemiológica no momento, nesta tarde, sensível a forte comoção popular causada pela pandemia mundial e na intenção de tranquilizar ainda mais a população, vamos oferecer as nossas crianças, entre os dias 23 e 30 de março, atividades pedagógicas domiciliares, ou seja, extra classe. Vamos também antecipar as férias escolares da Rede Municipal para o dia 30 de março, mantendo o período de recesso até o final de abril. A partir de hoje, as crianças com síndromes gripais ou outras situações que as impeçam de frequentar as aulas, incluindo opção dos pais, terão as faltas abonadas”, postou Pardini.

“As creches municipais permanecerão abertas durante esse período, porém desestimulamos que pais e responsáveis enviem suas crianças, principalmente se elas apresentarem sintomas gripais, pois não serão recebidas. Enfrentaremos mais esta crise com reflexos significativos no cotidiano da população com informações transparentes, união das equipes de saúde em todas as esferas públicas e privada e coragem”, completou Pardini.

Essas decisões são para as escolas municipais, mas servem também como recomendações para as escolas privadas, que têm o poder de decisão final.

Enquete do Jornal Leia Notícias

No início da tarde desta segunda-feira, 16, antes da alteração divulgada pela Prefeitura, o Jornal Leia Notícias propôs uma enquete sobre a situação da suspensão das aulas a partir, apenas, do dia 30 de março (com a antecipação das férias escolares).

Em pouco mais de duas horas, mais de 3 mil pessoas responderam a seguinte pergunta: “Botucatu SUSPENDERÁ as AULAS, em função de controle, prevenção e tratamento do Covid-19 e já está definido, mas a decisão tomada foi que as aulas serão suspensas, apenas, a partir do dia 30 de março, ou seja, daqui duas semanas. Você concorda com essa decisão?”

Até às 16h15 desta segunda-feira, 16, 80% (mais de 2.400 votos) escolheu: “NÃO – As aulas devem ser suspensas agora, para evitar qualquer risco inicial de transmissão”.

20% (605 votos) escolheu : SIM – Duas semanas a mais não colocarão os alunos em risco”

Poucas horas após a enquete do Leia Notícias foi divulgado pela Prefeitura a alteração na decisão sobre as aulas, contemplando o que é entendido também pela maioria da população como o ideal.

Leia Notícias

Scroll Up