Botucatu: Carreata pede impeachment de Bolsonaro e maior combate à pandemia de Covid-19

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Manifestantes em Botucatu pediram o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a priorização no combate à pandemia de covid-19, com a aceleração no plano nacional de imunização. O ato, que integra o movimento “Stop Bolsonaro”, e foi realizado na manhã deste domingo, 31 de janeiro, percorrendo as principais ruas da Cidade e contou com cerca de 50 veículos.

A carreata foi organizada por movimentos sociais, LBGBTQI+, profissionais da saúde, além de diversos partidos políticos, em sua maioria, de orientação progressista.  A organização do ato preferiu estabelecer um trajeto curto e que priorizasse a região Central de Botucatu, a fim de reduzir o tempo de exposição dos presentes e evitar aglomerações. Os manifestantes fizeram concentração na Catedral Metropolitana, passando pela avenida Dom Lúcio, Rua Visconde do Rio Branco, Avenida Vital Brasil, Elevado Bento Natel, Rua Major Matheus, Avenida Floriano Peixoto, Avenida Santana e a dispersão ocorrendo novamente na Catedral.

Mobilização integra ação nacional “Stop Bolsonaro”, que tem realizado atos por todo o país, onde pedem agilidade do Congresso Nacional para apurar as responsabilidades do governo federal nas mais de 200 mil mortes pelo novo coronavírus no país. Também reforçam

Em âmbito local, a pandemia de Covid-19 já infectou mais de 6 mil botucatuenses, vindo a matar 77. Além disso, o sistema de  saúde tem operado acima de sua capacidade para atender os internados e mais de 650 pessoas estão em quarentena domiciliar obrigatória. Janeiro foi o mês com maior incidência de casos, tendo mais de 1500 novos registros e de mortes (19).

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes