Borracheiro morre após pneu estourar enquanto parafusava roda de caminhão, em MG

Um borracheiro de 61 anos morreu na terça-feira, dia 15, após um pneu estourar em seu local de trabalho, no município de Monte Carmelo (MG), a cerca de 500 quilômetros de Belo Horizonte. Fernando Naves Mendes, filho de Waldecir Dornelas Mendes, contou à Polícia Militar que ele também trabalhava na borracharia, localizada na Avenida Saudade, no bairro Belvedere, no momento do acidente. Segundo Fernando, seu pai estava parafusando a roda de um caminhão quando ocorreu o estouro.

O filho da vítima contou que Waldecir, dono do estabelecimento, foi arremessado devido ao deslocamento de ar e caiu próximo a uma cerca. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e chegou a prestar os primeiros socorros, mas o borracheiro não resistiu aos ferimentos. De acordo com a Polícia Militar, que também recebeu um chamado, o homem apresentou “deformidade anatômica na face e perda considerável de massa encefálica”.

Após acionamento da perícia, compareceram ao local os investigadores da Polícia Civil, que por sua vez informou que apura as circunstâncias da morte do borracheiro. Os materiais como pneu e roda foram guardados na borracharia para perícia posterior.

A médica que estava de plantão atestou a morte de Waldecir como acidente de trabalho com politrauma TCE (trauma cranioencefálico) e perda de massa encefálica.

Segundo a funerária Pax Carmelitana, o sepultamento de Waldecir ocorreu na manhã desta quarta-feira, dia 16, no cemitério municipal de Monte Carmelo.

“A família em luto agradece as manifestações de apoio e solidariedade”, acrescentou em postagem de rede social.

Waldecir deixou esposa e dois filhos.

Fonte: G1