Biden não planeja ‘confinar’ EUA por aumento de casos de covid, diz Casa Branca

O presidente americano, Joe Biden, não planeja “confinar o país” em resposta ao aumento de casos de coronavírus, informou a Casa Branca nesta segunda-feira (20).

Em discurso previsto para esta terça-feira, Biden vai ressaltar os benefícios da vacinação contra a covid-19, disse a secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki.

“Este não é um discurso sobre confinar o país”, afirmou Psaki a jornalistas.

“Este é um discurso para ressaltar e ser direto e claro com os americanos sobre os benefícios de estar vacinados”, assegurou.

Biden também divulgará “medidas” para “incrementar o acesso aos testes” de covid-19.

A variante ômicron, que se espera que ultrapasse em breve a cepa delta nos Estados Unidos, segundo as autoridades sanitárias, traz consigo o risco de mergulhar o país em uma nova onda de contágios, amplificada pelas festas de fim de ano e as condições meteorológicas propícias a reuniões em ambientes fechados.

O conselheiro da Casa Branca sobre a crise sanitária, doutor Anthony Fauci, anunciou no domingo “semanas e meses difíceis à medida que nos aproximarmos do inverno”.

Os Estados Unidos são o país mais enlutado pela pandemia em números absolutos, com 807.000 mortos.

Fonte: Yahoo!