Banhista morre após ataque de tubarão em praia da Austrália

A polícia da Austrália informou, nesta quarta-feira (16), ter recuperado “restos humanos” no mar após um ataque de tubarão a um banhista em uma praia de Sydney.

Este foi o primeiro ataque mortal de tubarão na cidade desde 1963. As autoridades decretaram o fechamento de praias por 24 horas enquanto patrulham em busca dos possíveis predadores.

Um pescador que estava na área disse à emissora ABC que viu um homem em roupa de mergulho sendo arrastado para o fundo do mar por um grande tubarão em Little Bay (leste de Sydney).

“Quando submergiu, havia muitas manchas”, disse ao pescador. “Foi algo horrível. Ainda estou tremendo.”

A polícia de Nova Gales do Sul informou que agentes especializados neste tipo de ataque encontraram restos humanos nas águas.

“Uma investigação sobre as circunstâncias da morte do nadador está em andamento, e Little Bay Beach foi fechada enquanto a polícia continua vasculhando a área”, disse em nota.

Os serviços de emergência de Nova Gales do Sul enviaram um helicóptero de resgate e quatro ambulâncias, depois de serem alertados sobre o ataque de tubarão.

“Infelizmente, essa pessoa sofreu ferimentos horríveis e não havia nada que os paramédicos pudessem fazer na chegada ao local da tragédia”, disse o chefe dos socorristas Lucky Phrachanh.

O governo local fechou suas praias por 24 horas, colocando placas de alerta pedindo ao público que fique longe enquanto “procedimentos de rotina” são realizados após um ataque mortal de tubarão.

Salva-vidas também patrulhavam as praias em busca de mais tubarões, acrescentou.

“Normalmente, Little Bay é um lugar bonito e calmo que as famílias gostam”, disse o prefeito de Randwick, Dylan Parker.

Fonte: Yahoo!