Avô é preso após neta gravar vídeo para denunciar estupros em Boituva

Um homem foi preso nesta terça-feira (31) depois que a neta dele gravou um vídeo e denunciou na escola que estava sendo estuprada, em Boituva (SP).

Segundo a Polícia Civil, a vítima era abusada pelo avô há vários anos e, nesta terça-feira, decidiu filmar o estupro para ter provas do crime.

“A vítima foi pra escola, chegou chorando, pedindo socorro, e a escola chamou o Conselho Tutelar. Aí o conselho foi até a escola e verificou que a própria vítima tinha gravado vídeos para provar o que tinha acontecido”, explica o delegado Emerson Jesus Martins.

A partir disso, o Conselho Tutelar foi até a delegacia e a Polícia Civil passou a investigar o caso.

“Começamos a fazer a investigação, a análise do vídeo e vimos que o autor era o próprio avô da vítima, porque ela morava com os avós. Aí achamos o autor e ele foi preso em flagrante por estupro de vulnerável”, afirma o delegado.

A Polícia Civil informou que o avô confessou o crime e ficou à disposição da Justiça. Já a adolescente ficou sob os cuidados do Conselho Tutelar.

Segundo o delegado, o homem já havia sido preso por homicídio, e a mãe da vítima relatou que também já foi abusada por ele.

Fonte: G1 – Foto: Carlos Alberto Soares/TV TEM