Avião que caiu na China se desintegrou e caixas pretas ainda não foram encontradas

O avião que caiu na China na segunda-feira (21) se desintegrou com o impacto do acidente. Com isso, as duas caixas pretas, que guardam as informações do voo e são cruciais para a investigação, ainda não foram encontradas. As buscas pelos sistemas de registros de dados começou nesta terça-feira (22).

Segundo a agência estatal chinesa Xinhua, cerca de 500 bombeiros, policiais e militares começaram as buscas pelos equipamentos no fim da tarde. Não há, até a noite desta terça, informações oficiais sobre vítimas e as causas da queda do avião.

Autoridades disseram que o estado da aeronave, que se desintegrou ao cair, deve complicar muito as investigações sobre a causa do acidente.

A queda do avião foi registrada por câmeras de vigilância. O vídeo, obtido pela agência Newsflare com um veículo da imprensa local, mostra o momento em que a aeronave despenca do céu. É possível ver a aeronave caindo na vertical, com perda de 6 mil metros de altitude em pouco mais de dois minutos, segundo as autoridades.

Relembre o acidente com o avião na China

Na manhã de segunda-feira (21), o Boeing-737 da China Eastern Airlines que viajava transportando 132 pessoas entre as cidades de Kunming (sudoeste) e Cantão, no país asiático, caiu perto da cidade de Wuzhou, na região de Guangxi, no sul da China, segundo a Administração de Aviação Civil da China (CAAC).

De acordo com um comunicado publicado pela CAAC, o avião estava a caminho da cidade de Kunming, para Guangzhou, quando perdeu contato sobre a cidade de Wuzhou. A bordo estavam 123 passageiros e nove tripulantes.

Xi Jinping, presidente chinês, pediu aos investigadores que determinem a causa do acidente o mais rápido possível e garanta a segurança “absoluta” da aviação, informou a CCTV.

Os investigadores tentarão recuperar as duas caixas pretas do avião – o gravador de dados de voo e o gravador de voz da cabine – para ajudar a esclarecer o acidente.

Conforme o rastreamento feito, o Boeing 737 perdeu velocidade, antes de entrar numa descida acentuada, parando de transmitir dados a sudoeste de Wuzhou.

Fonte: Yahoo!