Atriz de Botucatu participa de filme favorito ao Oscar 2017

A atriz botucatuense, Ana Flavia Gavlak, de 26 anos, participou do filme musical “La La Land –Cantando Estações”, que concorrerá ao Oscar 2017, com incríveis 14 indicações. 

Ana Flávia Quessada Gavlak, quando foi coroada Miss Botucatu, em 2008 (foto: O Grito Notícias)

Ex-miss Botucatu, Ana Flavia Gavlak, que representou a Cidade no concurso Miss São Paulo 2009, trocou o Brasil por Los Angeles há sete anos com o mesmo sonho da personagem Mia Dolan (vivida por Emma Stone) em La La Land – Cantando Estações: seguir a carreira de atriz.

A cena da botucatuense no musical dura poucos segundos: ela faz uma atriz que sai de uma audição e lança um olhar intimidador para a personagem de Emma Stone, que é a próxima da fila. Apesar do momento ser rápido, o diretor Damien Chazelle ajudou a atriz a adquirir as qualidades necessárias para seu papel: “Ele me dizia ‘a personagem está confiante de que pegou o papel, e quer mostrar para a Mia. Walk like you mean it‘. Ele é muito perfeccionista, gosta de filmar a cena de vários ângulos. Gravamos várias vezes”, disse a botucatuense.

Ana Flávia Gavlak foi chamada para fazer parte do elenco de figurantes do filme por um diretor de elenco norte-americano, no fim de 2015, mas graças a uma boa dose de sorte, contudo, acabou ganhando um pouco mais de destaque do que esperava no longa. “A atriz que faria a cena do teste de elenco junto com a Emma Stone e o Ryan Gosling ficou doente no dia da gravação e não apareceu. O diretor (Damien Chazelle) me viu no set, me chamou para gravar um vídeo de teste e fui escolhida para substituí-la”, conta.

Um alívio para a botucatuense, já que as cenas em que aparecia junto com outras atrizes foram cortadas do filme na hora da edição.

Logo depois do resultado do teste de última hora, viveu momentos dignos de dar inveja a muitas mulheres.

“Fui para um trailer de maquiagem e fiquei ao lado da Emma e do Ryan. Eu falei sobre o meu papel e ele foi muito simpático comigo”, lembra. “Até perguntei sobre o bebê dele. Acho que se arrependeram de me colocar no trailer, estava muito empolgada e não parava de falar”, conta.  

Na hora da gravação, o clima de descontração continuou. “Os dois estavam concentrados, mas muito tranquilos, conversando com todo mundo. São muito queridos”, diz.

A botucatuense gravou por cerca de uma semana, em setembro de 2015. Apesar de ser um musical, ela conta que não teve que cantar ou dançar durante as filmagens. “Foi uma experiência maravilhosa. Aprendi muito. Poder assistir à direção do Damien Chazelle e às cenas de canto e dança, que são muito difíceis, foi o mais bacana”, disse.

O Musical “La La Land –Cantando Estações tem o status de campeão da atual temporada de premiações. Acabou de ganhar sete Globos de Ouro e é o grande favorito para o Oscar, onde foi indicado nas categorias:

  • melhor filme;
  • direção;
  • roteiro original;
  • atriz (Emma Stone);
  • ator (Ryan Gosling);
  • trilha sonora;
  • duas vezes na categoria canção original – com “Audition (The fools who dream)” e “City of stars”;
  • fotografia;
  • mixagem de som;
  • edição de som;
  • direção de arte;
  • figurino e edição.

 

 

 

Leia Notícias – com informações de Veja e Blog Musicais em Cena da Folha de SP

Scroll Up