Atirador mascarado ataca moradores de rua nos EUA

Um atirador mascarado atacou cinco vezes em nove dias, atirando em moradores de rua enquanto eles dormiam nas ruas de Nova York e Washington, nos Estados Unidos.

A polícia diz que a forma de agir do atirador é a mesma em todos os casos e os prefeitos das duas cidades temem que um “assassino a sangue frio” esteja à solta.

Duas das pessoas atingidas morreram. A barraca de um deles foi incendiada, depois que o morador foi esfaqueado e baleado.

Uma recompensa agora está sendo oferecida para capturar o assassino.

O Departamento de Polícia Metropolitana de Washington informou que um homem foi baleado em 3 de março e outro em 8 de março — ambos no meio da noite. Eles ficaram feridos, mas sobreviveram.

Apenas um dia depois, os serviços de emergência responderam a um incêndio em uma barraca na cidade, onde encontraram um homem que havia sido morto a tiros e esfaqueado.

Imagens de câmeras de segurança mostram suspeito pela morte de dois homens em situação de rua

Imagens de câmeras de segurança mostram suspeito pela morte de dois homens em situação de rua (Foto: Reprodução/BBC)

Em Nova York, um suspeito mascarado atirou pela primeira vez em um homem que dormia em uma rua no bairro de Soho, em Manhattan, nas primeiras horas da manhã.

“A vítima, que foi baleada no braço, acordou e gritou ‘o que você está fazendo?’ e o suspeito fugiu”, disse o delegado do Departamento de Polícia de Nova York, Hank Sautner, em entrevista coletiva.

Cerca de uma hora depois, segundo a polícia, essa mesma pessoa atirou e matou outro homem que também dormia no Soho.

“Agora temos um assassino a sangue frio à solta”, disseram a prefeita de Washington, Muriel Bowser, e o prefeito de Nova York, Eric Adams, em comunicado conjunto.

Câmera de segurança da polícia de Nova York
Em Nova York e Washington, a polícia está oferecendo recompensa financeira por informações que levem à prisão do atirador (Foto: Reprodução/BBC)

Adams afirmou que assistir às imagens de câmeras de segurança do tiroteio fatal em Manhattan é “arrepiante”.

“O caso é um ato intencional claro e horrível de tirar a vida de alguém, ao que parece, porque essa pessoa era um sem-teto”, acrescentou.

A polícia de Washington está oferecendo uma recompensa de US$ 25 mil (R$ 128 mil) por informações que levem à prisão do atirador e a polícia de Nova York está oferecendo recompensa de US$ 10 mil (R$ 51 mil).

O Departamento Federal de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos também se juntou à investigação.

A polícia de Nova York está investigando a morte de outro morador de rua em Manhattan na noite de domingo. A causa não foi determinada e ainda não está claro se o caso está ligado à série de tiroteios.

Fonte: BBC