Assédio na Alesp: Comissão atinge quórum para apurar atitude de Fernando Cury em janeiro, durante o recesso

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Com a assinatura feita em ato extraordinário pelo deputado estadual Campos Machado (Avante), publicada hoje no Diário Oficial, a Comissão de Ética da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) atingiu o quórum necessário para investigar o deputado Fernando Cury (Cidadania), flagrado assediando a deputada Isa Penna (PSOL) na semana passada.

“É muito importante a cassação, porque assediador e assediada não podem conviver juntos no mesmo espaço”, disse a deputada Isa Penna.

“E a notícia de que agora nós temos o quórum e as assinaturas necessárias para abrir o Conselho de Ética dia 7 de janeiro é fruto de um trabalho coletivo da deputada Mônica (Seixas), Érica (Malunguinho) e Carlos Giannazi”, afirmou Isa Penna.

A deputada também agradeceu as bancadas de todas as siglas que estão sendo solidarias. Ela afirmou esperar que o deputado Cauê Macris (PSDB), presidente da Alesp, e que o governador João Doria (PSDB) “tenham o mesmo aspecto solidário que muitos já deram” dentro da assembleia. Desde o ocorrido até hoje, ninguém ligado ao governador procurou a deputada.

Procurado desde o dia da denúncia, Cury não quis falar com a reportagem sobre o assunto. Antes de Campos Machado, os deputados Emidio de Souza (PT) e Carlos Giannazi (PSOL) já haviam assinado a fator da representação contra Cury na Alesp. Agora, o deputado Cury, que foi afastado — mas não expulso — do partido Cidadania, deve ter sua conduta avaliada por nove membros da Comissão de Ética.


Veja o momento do assédio:

Comissão da Alesp terá duas mulheres

Num primeiro momento, a comissão teria apenas uma mulher, a presidente, Maria Lúcia Amary (PSDB). No entanto, Giannazi cedeu sua vaga para a deputada Erica Malunguinho (PSOL). Além delas, formam a comissão: Adalberto Freitas (PSL), Emidio de Souza (PT), Barros Munhoz (PSB), Wellington Moura (Republicanos), Delegado Olim (PP), Alex de Madureira (PSD) e Campos Machado (Avante).

Fonte: UOL

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes