Argentina anuncia reabertura parcial de atividades

A Argentina anunciou nesta sexta-feira um plano para flexibilizar as restrições da Covid-19 diante de uma queda nas infecções, que, no entanto, não impediu o país de atingir 5 milhões de casos e ultrapassar 107.000 mortes pela doença.

As novas medidas, que fazem parte de um plano de três etapas que não tem data e depende da evolução da pandemia, incluem o aumento do número de pessoas que podem se reunir e o avanço das aulas presenciais nas escolas.

O governo argentino também anunciou a ampliação da cota de entrada no país para 1.700 passageiros diários, em comparação aos atuais 1.000, e a eliminação das restrições aos voos diretos para o Reino Unido e outros países que vigoravam há meses por questões sanitárias.

“Quanto mais vacinamos e cuidamos de nós mesmos, mais podemos sustentar essas conquistas e mais podemos avançar em aberturas sustentadas e progressivas”, disse o presidente Alberto Fernández em mensagem gravada.

“Estamos caminhando para a segunda recuperação”, acrescentou ele em meio a um forte avanço na vacinação e queda de casos após a forte segunda onda de Covid-19 que abalou o país durante o inverno.

Os especialistas preveem que a variante Delta, da qual existem menos de 100 casos no país até agora, comece a ter circulação comunitária nas próximas semanas.

A variante “Delta está certamente se disseminando na comunidade”, afirmou o neurologista Conrado Estol à Reuters, destacando que “a Argentina não tem um alto nível de testes, não tem um alto nível de vacinação dupla”.

A Argentina, com uma população de cerca de 45 milhões de habitantes, vacinou 25,84 milhões de pessoas com a primeira dose, mas apenas 7,98 milhões com o esquema completo, segundo dados oficiais.

Fonte: Yahoo!

Últimas

Streaming faz com que o sertanejo e os artistas nacionais ganhem espaço no cenário musical

25 out 2021

Os anos 2000 foram marcados pelo sucesso do rock e também da música pop. Alguns artistas...

Categorias

Scroll Up