Aposentado colhe mandioca gigante com quase 30 quilos em Boituva

Era para ser mais um dia comum para o aposentado João Alves Muniz, morador de Boituva, no interior de São Paulo. Aos 62 anos, o idoso sai cedo de casa todos os dias para cuidar de sua pequena produção, mas nesta semana teve uma grande surpresa na colheita.

João contou que estava cuidando de sua plantação no bairro Vitassaya na manhã de terça-feira (20) quando notou que uma das mandiocas que havia cultivado cresceu no solo. Ao colher, o aposentado se deparou com uma mandioca gigante, de quase 30 quilos.

“Quando eu vi a pontinha da raiz, já imaginei que seria grande, mas nem tanto. Quando eu comecei a cavar, não acreditei. Eu cresci na roça e nunca vi uma mandioca com esse tamanho”, relata.

Aposentado se surpreendeu ao colher mandioca em Boituva — Foto: João Alves Muniz/Arquivo pessoal
Aposentado se surpreendeu ao colher mandioca em Boituva (Foto: João Alves Muniz/Arquivo pessoal)

Segundo João, ele levou quase 10 minutos para retirar a mandioca do solo. Em contrapartida, em poucos segundos, ele amarrou a raiz em sua bicicleta motorizada e foi ao centro da cidade para contar a novidade aos amigos.

O aposentado contou que o sucesso foi imediato e muitas pessoas até pediram para tirar foto com a raiz tão incomum.

“A mandioca fez sucesso, mas eu fiquei famoso. Foi muito legal ver a reação das pessoas. Depois de mostrar para povo da cidade, levei ela em casa. Eu tenho uma balança, que apontou 29 quilos”, conta João.

Moradores tiram fotos ao lado de mandioca gigante em Boituva (SP) — Foto: Patrícia Muniz/ Arquivo Pessoal
Moradores tiram fotos ao lado de mandioca gigante em Boituva (SP) (Foto: Patrícia Muniz/ Arquivo Pessoal)

João também disse que ainda não cozinhou a raiz, mas que a intenção é dividi-la com sua família e amigos. Também está nos planos preparar a tradicional “vaca atolada”, uma sopa de mandioca com costela.

“Confesso que estou com dó de cortar, mas logo eu vou tirar um pedacinho para ver se ela está boa. Se tiver, já tenho vários destinos pra ela.”

Mutação

Existe uma explicação para a “mandioca gigante” de Boituva. O engenheiro agrônomo João Celso contou que a mutação da mandioca foi causada pelos componentes de produtividade da raiz, que são os fatores de produção da planta.

“Fatores como a quantidade água, luz e nutrientes foram fundamentais. É bem provável que essa raiz estava mais isolada e ela deve ter ficado um pouco mais de tempo no solo”, explica o engenheiro.

Ainda segundo o especialista, o solo onde as raízes foram plantadas devia estar fértil e a planta foi muito bem cuidada. Ele também explica que, apesar de fugir do comum, a mutação também pode ocorrer em outros cultivos.

Fonte: G1 – Foto: Patrícia Muniz/ Arquivo Pessoal

Scroll Up