Após três meses de investigação, polícia prende suspeito de assaltos em série a ônibus de Bauru

A Polícia Civil de Bauru (SP) anunciou a prisão de um homem suspeito da prática de pelo menos uma dezena de roubos a ônibus circulares de Bauru (SP), especialmente em linhas da zona norte da cidade.

Segundo os policiais da 1ª Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Bauru, foram três meses de investigações para descobrir o autor de vários boletins de ocorrência de roubo a circulares nos bairros Santa Edwiges, Parque Jaraguá e Santa Fé.

Com base na descrição do suspeito por parte das vítimas e em imagens do circuito de monitoramento dos ônibus, a polícia montou um plano de ação, com agentes infiltrados em coletivos, principalmente no período da noite, e aumento no patrulhamento da região por parte da Polícia Militar.

As imagens revelaram a aparição nos assaltos do mesmo suspeito indicado pelas vítimas, principalmente motoristas, que se referiam ao ladrão como o “Veinho”.

Na noite de segunda-feira (2), um motorista que tinha sido vítima de roubo na última sexta-feira (30) percebeu que o mesmo homem estava parado no ponto de ônibus da quadra 4 da Rua Juvenal Bastos.

Ele acionou as equipes da DIG e também da PM, que abordou o suspeito. O homem, que escondia na cintura uma faca de cabo branco, foi apresentado no Plantão Policial.

Investigadores foram ao barraco do suspeito, na Favela do Piquete, nas proximidades do Núcleo Fortunato Rocha Lima, e encontraram roupas usadas em vários roubos gravados pelo circuito de segurança, especialmente um calça branca de sarja e um moleton com a inscrição “gap”.

O suspeito foi reconhecido pelo motorista roubado na última sexta-feira e também por outras dez vítimas.

Após ser identificado, o homem de 50 anos confessou apenas quatro roubos. Ele saiu recentemente da cadeia, onde ficou preso desde 2010, também por roubos a coletivos. O suspeito foi indiciado pelos crimes de roubo e encaminhado para a cadeia de Avaí.

Fonte: G1

Scroll Up