Após pegar Covid, atacante botucatuense Clayson diz que mantém foco para voltar 100% e ajudar o Bahia

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Em reta final de Campeonato Brasileiro, o Bahia tem enfrentado batalhas dentro e fora de campo. Enquanto luta para se livrar o quanto antes do risco de rebaixamento à Série B, o tricolor também tenta evitar perda de atletas, seja por lesões, cartões ou infecções por covid-19.

Desde o início de 2021, pelo menos cinco jogadores do elenco tricolor foram diagnosticados com a doença. Além do período de isolamento que precisam cumprir, previsto no protocolo estabelecido pela CBF, alguns atletas podem demandar um pouco mais de tempo para recuperar a forma física.

O atacante botucatuense Clayson, por exemplo, revela que perdeu massa muscular durante o tempo em que esteve em tratamento da covid-19, o que dificultou no retorno aos gramados.

“Fiquei quase 15 dias sem poder treinar. No início, por suspeita de Covid, tive que ficar afastado, mas os exames davam negativo. Depois, acabou dando positivo e aí tive que cumprir as determinações. Então, acabou sendo um tempo longo fora, sem contato com o grupo, e só de atividades em casa. É difícil, porque o corpo acaba perdendo, então perdi um pouco de massa e consequentemente de força, o que atrapalha muito e só com os treinos específicos para poder voltar”, conta.

Por conta recuperação, Clayson até foi relacionado para o jogo contra o Vasco, mas acabou ficando fora da partida com o Fluminense e Goiás para focar na preparação e voltar 100% para ajudar o Esquadrão nos últimos duelos.

“Como ainda estou em processo de recuperação e evolução física, vou trabalhar fortemente e dar meu melhor, com mais intensidade no dia a dia. Estamos em um momento que todos precisam dar tudo e estar 100% para competir. Assim, poderei retomar o meu melhor para ajudar o Bahia nesta reta final”, disse ele.

“Tenho trabalhado à parte no CT e também em casa, com um personal que já me ajudou durante a quarentena, por vídeo chamada. Quero estar bem para voltar, pois neste momento precisamos de todos nas melhores condições para esses últimos jogos decisivos”, finalizou Clayson.

Com 36 pontos, o Bahia é o atual 15º colocado do Brasileirão, a apenas um ponto do Sport, primeiro time na zona de rebaixamento. Neste sábado (6), o Esquadrão enfrenta o Goiás, na Fonte Nova.

Fonte: Correio 24 horas

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes