24 de julho, 2024

Últimas:

Após ataque dos EUA que matou 14 pessoas na Síria, base americana é atingida por mísseis

Anúncios

Uma base militar dos Estados Unidos na Síria foi alvo de um ataque com mísseis na manhã de sexta-feira (24). Os mísseis atingiram a base norte-americana que fica no campo de petróleo Al-Omar, no nordeste da Síria.

O porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, John Kirby, disse que nenhum funcionário americano ficou ferido no ataque. Ele chamou o incidente de uma reação à retaliação dos EUA contra grupos alinhados ao Irã na área.

Anúncios

“Não é incomum, quando tomamos um ataque de retaliação como este, que eles respondam com algum disparo de foguete ineficaz. E estes foram em grande parte, completamente ineficazes”, disse Kirby à MSNBC. “Ninguém ficou ferido, nenhuma vítima dos EUA.”

Foto de arquivo de 2021 mostra soldados do Exército dos EUA se preparando para sair em patrulha de um posto avançado de combate no nordeste da Síria (Foto: Reprodução)

A retaliação a que ele se refere é um ataque aéreo dos Estados Unidos na Síria na noite de quinta-feira contra grupos alinhados ao Irã. O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, um monitor com sede na Grã-Bretanha com uma ampla rede de fontes no terreno no país, disse que 14 pessoas foram mortas por esses ataques dos EUA, entre eles nove sírios.

Anúncios

Kirby disse que esses ataques dos EUA na Síria tiveram como objetivo proteger o pessoal americano no país, onde o Estado Islâmico e grupos militantes apoiados pelo Irã continuam sendo uma ameaça.

O Pentágono culpa esses grupos por um ataque de drone mais cedo na quinta-feira que matou um empreiteiro norte-americano americano, feriu outro e cinco soldados americanos.

O ataque de quinta-feira ocorreu em uma base da coalizão perto de Hasakah, no nordeste da Síria, disse o Pentágono em um comunicado.

A comunidade de inteligência dos EUA avaliou que o drone de ataque unilateral era de origem iraniana, disse o Pentágono, uma conclusão que poderia agravar ainda mais as relações já tensas entre Washington e Teerã.

As tropas dos EUA foram atacadas por grupos apoiados pelo Irã cerca de 78 vezes desde o início de 2021, de acordo com o general do Exército Erik Kurilla, que supervisiona as tropas dos EUA no Oriente Médio como chefe do Comando Central.

Fonte: Yahoo!

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios SÃO PAULO, July 24, 2024 (GLOBE NEWSWIRE) — A OKX, uma empresa líder em tecnologia Web3 e exchange de...

Categorias