Após 3 dias desaparecido, homem é encontrado morto em meio a entulhos acumulados por 30 anos em casa de Piracicaba

Agentes do Corpo de Bombeiro e da Defesa Civil encontraram o corpo de um catador de recicláveis de 52 anos, que estava desaparecido desde segunda-feira (18), em meio ao entulho acumulado por cerca de 30 anos em uma casa, em Piracicaba (SP).

As equipes iniciaram um trabalho de remoção do material às 8h e o corpo foi encontrado às 12h40. O trabalho foi dificultado porque o imóvel tinha os acessos bloqueados pelos materiais.

Os bombeiros começaram buscas na noite de terça-feira (19), após serem acionados por vizinhos do homem, que não viram mais Paulo Sérgio Garcia.

Por conta da escuridão durante a noite, os agentes retornaram ao local nesta quarta e começaram a abrir caminho.

Imagens do local mostram entulhos até o teto do imóvel, dificultando a passagem dos agentes. Os bombeiros tentaram acessar o interior do imóvel por pelo menos duas entradas até entrarem.

Odair Mello da Defesa Civil de Piracicaba estima que serão necessários cerca de três dias para retirada de materiais acumulados em casa de Piracicaba  — Foto: Claudia Assencio/g1
Odair Mello da Defesa Civil de Piracicaba estima que serão necessários cerca de três dias para retirada de materiais acumulados em casa de Piracicaba (Foto: Claudia Assencio/g1)

Balanço parcial da Defesa Civil até a última atualização desta reportagem apontou que foram retirados três caminhões cheios de materiais. Segundo o diretor da Pasta, Odair Mello, cada caminhão suporta, em média, volume de seis a oito metros cúbicos. O órgão também acredita que sejam necessários três dias para completar a limpeza.

“Fomos acionados pelo Corpo de Bombeiros. As equipes estiveram no local na noite de terça-feira (19), por volta das 22h e afirmaram que estavam fazendo buscas para encontrar alguém na residência, mas que o local era de difícil acesso. Segundo informações de populares e de familiares, ali residia um morador que acumulava recicláveis e outros objetos. Começamos a abrir as portas da casa, que estava cheia de materiais inservíveis até o teto. Localizamos um corpo no fundo do imóvel. Aguardamos a chegada da perícia para dizer o que aconteceu”, explicou o diretor da Defesa Civil de Piracicaba, Odair Mello.

A Polícia chegou no local por volta das 15h30 para isolar a área e uma equipe da perícia esteve no imóvel às 15h50 desta quarta-feira (20).

Entulhos e materiais recicláveis acumulados por décadas são retirados da casa por equipes da Defesa Civil, Bombeiros e populares em Piracicaba  — Foto: Edijan Del Santo/EPTV
Entulhos e materiais recicláveis acumulados por décadas são retirados da casa por equipes da Defesa Civil, Bombeiros e populares em Piracicaba (Foto: Edijan Del Santo/EPTV)

A irmã do morador disse que mora em Rio Claro (SP) e não vinha visitá-lo devido ao material acumulado. A mãe deles, que morreu há 10 anos, morava no mesmo local. O homem possui três irmãs.

“Tem 30 anos acumulando coisa”, contou a irmã do homem, Tania Cristina Garcia.

“A minha mãe ia para minha casa uma vez por ano, ficava lá comigo, mas para cá mesmo eu não vinha, porque ela mesma falava para eu não vir porque não tinha como entrar”, explicou.

Vizinhos relataram que ele vendia e fazia disso renda quando ainda morava com a mãe e um tempo depois disso. Atualmente, segundo os moradores, não era mais comum vê-lo realizando as vendas.

Entulho acumulado em casa de Piracicaba vai até o teto — Foto: Edijan Del Santo/EPTV
Entulho acumulado em casa de Piracicaba vai até o teto (Foto: Edijan Del Santo/EPTV)

Em nota, a Prefeitura de Piracicaba informou que a Defesa Civil foi acionada pelos bombeiros. Odair Melo, coordenador da Defesa Civil, explica que chegou na casa, localizada no bairro Alvorada, às 8h, com caminhão da Sedema, motorista e dois ajudantes e desde então eles tentaram avançar para acessar o interior da residência.

“Há um corredor de um metro de largura, mas o espaço liberado nele é de cerca de 40 centímetros. Estamos tentando limpar para poder, rastejando, acessar a casa”, explicou Mello, antes da localização do corpo.

O lixo ficou espalhado pela rua durante os trabalhos de retirada e para facilitar a remoção pelos caminhões que chegavam até o local. Por causa disso, foi necessário interditar a via.

O corpo foi removido pela funerária e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Uma equipe da perícia da Polícia Civil também foi até o local. A causa da morte ainda será apurada.

Lixo retirado pelas equipes ficou temporariamente espalhado pela rua até ser removido — Foto: Claudia Assencio/ g1
Lixo retirado pelas equipes ficou temporariamente espalhado pela rua até ser removido (Foto: Claudia Assencio/ g1)
Lixo acumulado ultrapassa a laje da casa em Piracicaba — Foto: Edijan Del Santo/EPTV
Lixo acumulado ultrapassa a laje da casa em Piracicaba (Foto: Edijan Del Santo/EPTV)
Acessos ao imóvel foram tomados pelo lixo e dificultaram trabalhos de agentes da Defesa Civil e bombeiros — Foto: Claudia Assencio/ g1
Acessos ao imóvel foram tomados pelo lixo e dificultaram trabalhos de agentes da Defesa Civil e bombeiros (Foto: Claudia Assencio/ g1)
Remoção de entulhos em caminhão da Prefeitura de Piracicaba — Foto: Claudia Assencio/ g1
Remoção de entulhos em caminhão da Prefeitura de Piracicaba (Foto: Claudia Assencio/ g1)
Corpo de Bombeiros tenta abrir espaço em meio a entulho para encontrar homem desaparecido — Foto: Claudia Assencio/g1
Corpo de Bombeiros tenta abrir espaço em meio a entulho para encontrar homem desaparecido (Foto: Claudia Assencio/g1)
Após 3 dias desaparecido, homem é encontrado morto em meio a entulhos acumulados em casa de Piracicaba — Foto: Claudia Assencio/g1
Após 3 dias desaparecido, homem é encontrado morto em meio a entulhos acumulados em casa de Piracicaba (Foto: Claudia Assencio/g1)

Fonte: G1