19 de junho, 2024

Últimas:

Ao menos 300 imigrantes desaparecem no mar perto das Ilhas Canárias, diz grupo de ajuda

Anúncios

Pelo menos 300 pessoas que viajavam em três barcos de imigrantes do Senegal para as Ilhas Canárias, na Espanha, desapareceram, disse o grupo de ajuda Walking Borders neste domingo.

Dois barcos, um com cerca de 65 pessoas e outro com 50 a 60 pessoas a bordo, estão desaparecidos há 15 dias desde que deixaram o Senegal para tentar chegar à Espanha, disse Helena Maleno, da Walking Borders, à Reuters.

Anúncios

Um terceiro barco partiu do Senegal em 27 de junho com cerca de 200 pessoas a bordo.

As famílias das pessoas a bordo não tiveram notícias delas desde que partiram, disse Maleno.

Anúncios

Barcos de madeira utilizadas por migrantes para chegar até as Ilhas Canárias (Foto: Reprodução)

Todos os três barcos partiram de Kafountine, no sul do Senegal, que fica a cerca de 1.700 quilômetros de Tenerife, uma das Ilhas Canárias.

“As famílias estão muito preocupadas. Há cerca de 300 pessoas da mesma área do Senegal. Elas partiram por causa da instabilidade no país”, disse Maleno.

As Ilhas Canárias, próximas da costa da África Ocidental, tornaram-se o principal destino dos imigrantes que tentam chegar à Espanha, com um número muito menor também buscando cruzar o Mar Mediterrâneo para até a Espanha. O verão é o período com mais tentativas de travessias.

Fonte: Agências

Talvez te interesse

Últimas

Em sua 4ª edição, a Tattoo Week Online acontece nos dias 19, 20 e 21 de julho, das 11h00 às...

Categorias