Anhembi: Governo interino de Anhembi fecha a Sala de Raio-X

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Prefeito de Anhembi Miguel Machado – afastado do cargo por conta de uma cassação na Câmara há cerca de um mês – anunciou em sua página nas redes sociais o fechamento da Sala de Raio-X dentro do Novo Posto de Saúde, inaugurado em julho.

O aparelho, considerado um sonho antigo da população, promessa de campanha do Prefeito Miguel, foi comemorado pelos moradores assim que foi inaugurada. Sem a sala os pacientes que necessitarem do procedimento precisam ser transportados para Botucatu. 

A novidade proporcionava, além da agilidade e precisão nos diagnósticos, economia aos cofres públicos devido as frequentes viagens. A empresa responsável pelo aparelho já iniciou a desmontagem do equipamento na unidade de saúde. 

Na sua Página no Facebook, o prefeito Miguel, que concorre ao pleito deste ano à reeleição, chamou a decisão de “capricho politiqueiro do governo ilegítimo” e que o atual governo cria dificuldades fictícias para interromper o contrato com a empresa. “Anhembi infelizmente vive dias sombrios, onde na tentativa de se prejudicar a minha imagem, eles prejudicam sem piedade aqueles que mais precisam”, escreveu. 

A Prefeitura, em nota, afirma que o aparelho foi interditado pela Vigilância Sanitária e que o certificado da Anvisa seria de 2004. 

A empresa responsável pelo aparelho, no entanto, questiona o procedimento que resultou no encerramento do contrato com a administração. Segundo eles são dois aparelhos em questão. Um deles o Raio-X e o outro o digitalizador. O certificado da Anvisa é o registro de fabricação do aparelho, que não é atualizado porque o modelo não continuou a ser fabricado pela empresa, o que não simboliza que ele não atenda de forma suficiente os pacientes. 

Ainda segundo a empresa, a alegação da Vigilância não é sobre a eficácia ou quaisquer defeito do aparelho, tanto que o órgão não fez nenhum tipo de autuação, mas sim algumas recomendações. Em reunião com os integrantes da gestão interina, o responsável da empresa se dispôs a realizar as recomendações se de fato fossem necessárias e até de substituir o aparelho por um outro novo, porém, obteve como resposta de que a manutenção do mesmo trata-se de algo de um custo muito elevado e que as viagens para outras localidades compensariam mais. 

Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes