Adolescente morto após carro roubado capotar em perseguição em Bauru foi reconhecido por vítimas, diz polícia

O adolescente de 17 anos que morreu depois de ser arremessado para fora do carro durante uma perseguição policial, em Bauru (SP), foi identificado pelas vítimas que tiveram o veículo roubado no Jardim Pagani, segundo a Polícia Civil.

O acidente aconteceu na madrugada deste sábado (15). O menor de idade e outros três suspeitos estavam no carro roubado quando o motorista perdeu o controle do veículo e capotou.

Com o impacto, Kleyton Gabriel de Jesus, que estava como passageiro, foi arremessado para fora do carro e não resistiu aos ferimentos. Já os outros três ocupantes foram levados para o pronto-socorro central sob escolta policial.

De acordo com o delegado Cledson Nascimento, apenas o adolescente que morreu foi identificado pelas vítimas como o autor do roubo por causa das roupas que vestia. A polícia investiga se os outros suspeitos tiveram alguma participação no crime.

Segundo a corporação, a suspeita é de que eles teriam entrado no carro em uma praça após o assalto, já que apenas o adolescente invadiu a casa, segundo a vítima relatou aos policiais. No entanto, a polícia apura se alguém esteve esperando o adolescente do lado de fora.

“A gente trabalha com a hipótese do chamado roubo impróprio, que pode ser inicialmente uma tentativa de furto e, com a surpresa da vítima encontrar o autor na residência, ele acabou rendendo. Não consta de ter feito uso de nenhum tipo de arma”, explica o delegado.

Agora, os outros suspeitos serão ouvidos formalmente pela Polícia Civil. As vítimas, uma idosa de 68 anos e um homem de 34 com necessidades especiais, não se feriram durante a ocorrência e passam bem.

Fonte: G1