Anhembi: Justiça impugna candidatura de Rogérião e todos os vereadores do partido

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A juíza Eleitoral de Conchas, Elizabeth Salders de Oliveira Roxo, indeferiu a pedido do promotor de Justiça, Carlos Eduardo Targino da Silva, a candidatura a prefeito de Anhembi, Rogério Winckler, o Rogerião, e de todos os candidatos a vereador do partido Cidadania.

Segundo a sentença da juíza, todos os atos praticados na convenção do partido são nulos e representam erro insanável, ou seja, irreparável, mediante ao fato de que o prazo para a convenção já se encerrou.

O problema se deu porque a convenção do partido, realizada no dia 16 de setembro, foi presidida pelo ex-vereador e aliado do grupo, Raul Marcel Silva, que tem seus direitos políticos suspensos por improbidade administrativa.

Pela mesma razão, a outra concorrente a Prefeitura, Rafaela do Ruy (MDB), filha do ex-prefeito, Ruy Ferreira, também foi impugnada, já que o pai, que também tem os direitos políticos suspensos presidiu sua Convenção.

O prefeito afastado do cargo, Miguel Machado (PSDB), também se encontra com a candidatura indeferida por conta de seu afastamento do cargo de prefeito devido à cassação na Câmara. Ele tem até dezembro – antes de uma eventual posse, caso reeleito – para recorrer da situação. Ele pede na Justiça a anulação do processo alegando perseguição política e diversos vícios e erros no processo.

Por Flávio Fogueral

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes