30 de maio, 2024

Últimas:

Estudo global da ASICS mostra a ligação entre o exercício regular na adolescência e o bem-estar mental positivo na idade adulta

Anúncios

  • Estudo global da ASICS com 26 000 pessoas reafirma a ligação entre o movimento e a mente, e revela uma ligação direta entre a atividade física na adolescência e o bem-estar mental na idade adulta
  • Todos os anos adicionais nos quais um adolescente pratica exercício físico estão associados a melhores avaliações de estado de espírito na idade adulta, sendo as idades entre os 15 e os 17 anos identificadas como os anos mais críticos para se manter ativo
  • No entanto, as gerações mais jovens estão a deixar de fazer exercício mais cedo e em maior número, o que pode afetar o respetivo bem-estar mental agora e nos próximos anos

Moving your body as a teenager will also move your mind as an adult

LONDRES, April 08, 2024 (GLOBE NEWSWIRE) — Hoje, a ASICS anuncia os resultados do seu segundo estudo Global State of Mind, o qual reafirma uma ligação positiva entre o exercício físico e o bem-estar mental e revela uma ligação entre ser fisicamente ativo na adolescência e o bem-estar mental positivo na idade adulta.

Anúncios

O estudo com mais de 26 000 inquiridos de 22 países concluiu que quanto mais as pessoas praticam exercício físico, mais elevadas são as suas avaliações de estado de espírito1. Em todo o mundo, os inquiridos que são regularmente ativos2 têm uma avaliação média de 67/100 de estado de espírito, enquanto as pessoas inativas3 têm uma avaliação muito inferior de apenas 54/100 de estado de espírito.

Além disso, o estudo revelou que ser fisicamente ativo na adolescência tem um impacto direto na mente numa fase posterior da vida. Os participantes que praticaram exercício físico durante a adolescência apresentam níveis de atividade e avaliações de estado de espírito mais elevados na idade adulta. Os resultados indicam que manter-se ativo na adolescência é fundamental para estabelecer bons hábitos de exercício que perduram na idade adulta e têm um impacto positivo no bem-estar mental dos adultos.

Anúncios

De facto, o estudo conseguiu identificar as idades entre os 15 e os 17 anos como os anos mais críticos para se manter ativo e quando deixar de fazer exercício afeta significativamente o estado mental durante anos. Verificou-se que as pessoas, entre os 15 e os 17 anos de idade, que praticavam regularmente exercício físico tinham mais probabilidades de se manterem ativas mais tarde na vida e de apresentarem avaliações mais elevadas de estado de espírito na idade adulta (64/100 vs. 61/100) do que as que não eram ativas durante estes anos.

Em comparação, os inquiridos que deixaram de fazer exercício antes dos 15 anos apresentaram os níveis de atividade mais baixos e as avaliações mais baixas de estado de espírito na idade adulta. 30% continuam inativos na idade adulta e revelam ser 11% menos concentrados, 10% menos confiantes, 10% menos calmos e 10% menos serenos em comparação com os que fizeram exercício durante a adolescência.

De facto, todos os anos que um adolescente permanece envolvido em exercício regular estão associados a melhores resultados de estado de espírito na idade adulta. As pessoas que deixaram de fazer exercício antes dos 15 anos apresentam uma pontuação média de estado de espírito 15% inferioràmédia global, enquanto uma diminuição da atividade física entre os 16 e 17 anos e antes dos 22 anos reduziu as avaliações médias em 13% e 6%, respetivamente.

É preocupante que o estudo tenha também revelado um fosso entre gerações no que respeitaàprática de exercício físico, sendo as gerações mais jovens cada vez menos ativas. 57% da Geração Silenciosa (com mais de 78 anos) afirmou ter sido ativa diariamente na infância, em comparação com apenas 19% da Geração Z (com idades compreendidas entre os 18 e os 27 anos), o que revela uma tendência preocupante de as gerações mais jovens abandonarem a atividade física mais cedo e em maior número do que as gerações anteriores.

Globalmente, os membros da Geração Z têm as avaliações mais baixas de estado de espírito, com uma média de 62/100, em comparação com os 68/100 dos Baby Boomers e os 70/100 da Geração Silenciosa.

O Professor Brendon Stubbs, um dos principais investigadores no domínio do exercício físico e da saúde mental do King’s College de Londres, afirmou: “É preocupante ver este declínio nos níveis de atividade dos inquiridos mais jovens numa idade tão crítica, especialmente porque o estudo revelou uma associação com um menor bem-estar na idade adulta”.

Por todo o mundo, a Geração Z já está a mostrar as avaliações mais baixas de estado de espírito (62/100) em comparação com a Geração Silenciosa (70/100), pelo que isto poderá ter um enorme impacto no futuro bem-estar mental em todo o mundo.”

Tomoko Koda, Diretor Executivo da ASICS, afirmou: “A ASICS foi fundada com base na crença de que o desporto e o exercício beneficiam não só o corpo, mas também a mente. É por isso que nos chamamos ASICS: “Anima Sana in Corpore Sano” ou “Mente Sã em Corpo São”. Os resultados do nosso segundo estudo global sobre o estado da mente mostram como é importante que os jovens se mantenham ativos e o impacto que isso pode ter nas suas mentes durante anos. Na ASICS, estamos empenhados em apoiar e inspirar as pessoas a movimentarem-se para um bem-estar mental positivo ao longo da sua vida.”

Para saber mais, visite: 
https://www.asics.com/us/en-us/mk/stateofmindstudy2024

NOTAS PARA O EDITOR

Sobre o estudo da ASICS “2024 State of Mind”
O estudo “2024 State of Mind” foi realizado entre 17 de novembro e 21 de dezembro de 2023, e explorou a relação entre o exercício e o estado de espírito por todo o mundo.

Foram inquiridas mais de 26 000 pessoas em 22 mercados, incluindo Austrália, Brasil, Canadá, Chile, China, Colômbia, França, Alemanha, Índia, Itália, Japão, Malásia, Países Baixos, Arábia Saudita, Singapura, África do Sul, Espanha, Suécia, Tailândia, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido e EUA. Cada amostra de mercado era representativa a nível nacional em termos de idade e género.


1A avaliação do ASICS State of Mind é de 100, calculada com base nas avaliações médias cumulativas de dez características cognitivas e emocionais – positivo, satisfeito, relaxado, concentrado, sereno, resiliente, confiante, alerta, calmo, estimulado.

2150 minutos ou mais de atividade física por semana (segundo a definição da Sport England).

3Menos de 30 minutos de atividade física por semana (segundo a definição da Sport England).


“Anima Sana In Corpore Sano”, que significa “Mente Sã em Corpo São”, é uma antiga frase em latim da qual a ASICS deriva e a plataforma fundamental sobre a qual a marca ainda se mantém. A empresa foi fundada há mais de 60 anos por Kihachiro Onitsuka e é atualmente um dos principais criadores e fabricantes de ténis de corrida, bem como de outro calçado, vestuário e acessórios de desporto. Para mais informações consulte www.asics.com.

O design stripe apresentado nas laterais dos ténis ASICS® é uma marca registada da ASICS Corporation.

Uma fotografia que acompanha este comunicado está disponível em http://www.globenewswire.com/NewsRoom/AttachmentNg/25d28040-7b04-44cb-a421-97418e91c297


CONTACTOS PARA OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL:
Para mais informações ou para a organização de entrevistas, contactar através do endereço asics.somi@golin.com

Primary Logo

GLOBENEWSWIRE (Distribution ID 1000933726)

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Veronyka Oliveira Silva – 11 anos Sepultamento Cemitério Jardim 30/05/24 às 17h Não há informação sobre o velório Anúncios...

Categorias