18 de maio, 2024

Últimas:

Design de interiores: relatório aponta tendências para 2024

Design de interiores: relatório aponta tendências para 2024

Anúncios

A Sociedade Americana de Designers de Interiores (ASID, na sigla em inglês) divulgou um relatório apresentando as principais tendências de 2024 para o setor que planeja e projeta diferentes ambientes, sejam eles comerciais ou residenciais.

Foram apontados diferentes pontos que impactarão a área e seus profissionais. Entre eles, estão o quiet luxury (em português, “luxo silencioso”, isto é, sem decorações extravagantes), a combinação de sustentabilidade com bem-estar, uso de inteligência artificial e espaços personalizados de trabalho.

Anúncios

De acordo com o relatório, os espaços estão cada vez mais apresentando um caráter híbrido em que trabalho e diversão se confundem – desta maneira, os designers também precisam apresentar um olhar multifacetado na elaboração de seus projetos. “Os escritórios corporativos estão introduzindo salas de estar informais, cafés e bares na cobertura, e os hotéis estão oferecendo locais para trabalho em equipe e conferências”, diz o documento.

A associação cita também a adaptação de ambientes a um estilo de vida solo (com uma quantidade maior de pessoas morando sozinhas, mas que buscam ter conexão com amigos e familiares), a criação de espaços adequados para animais de estimação e até mesmo a preocupação com sono de qualidade.

Anúncios

“Em um mundo dominado pelo estresse, dormir bem é um luxo. Essencial para a saúde e o bem-estar geral, uma boa noite de descanso profundo pode trazer seu corpo e sua mente de volta ao equilíbrio. Os designers que estão familiarizados sobre como os ambientes afetam o sono estarão em vantagem para abordar essa questão em 2024”, destaca a associação.

“Guia inspirador”

Na visão de Samara Prock, CEO da Prock Decor, empresa especializada em decoração de ambientes, o relatório da ASID é “um guia inspirador” para quem quer se destacar e conceber projetos em sintonia com as tendências do momento.

“A sustentabilidade é um ponto importantíssimo. É ótimo ver que o mercado está se conscientizando cada vez mais. Materiais reciclados, madeira de reflorestamento, bambu e tintas naturais são a escolha certa para um futuro mais verde”, afirma a especialista.

Prock destaca o avanço do consumo consciente, como peças duráveis e multifuncionais, além de móveis modulares capazes de se adaptar às necessidades do cliente e que evitam o desperdício. 

Essa mesma preocupação foi apontada no relatório da ASID, que citou o fato de muitas pessoas priorizarem produtos com maior longevidade em detrimento daqueles considerados “na moda”.

“É importante valorizar empresas que prezam por práticas éticas e condições de trabalho justas. Bem-estar, sustentabilidade e personalização: essa é a fórmula do sucesso!”, conclui Prock.

Para saber mais, basta acessar: https://www.instagram.com/prockdecor/

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios A campanha de vacinação contra Influenza continua de forma ampliada para o público em geral, com idade acima de...

Categorias