22 de maio, 2024

Últimas:

Faculdade oferece workshop gratuito para planejamento de carreira em dados e IA

Anúncios

Segundo o estudo Inteligência Artificial na América Latina 2023, elaborado pela NTT DATA em parceria com o MIT Tech Review, “cerca de 80% das corporações latino-americanas já implementam IA”. A rápida adoção da tecnologia pelas empresas está fazendo com que o mercado de trabalho se torne um ambiente ainda mais desafiador para os profissionais.

Todas as áreas de atuação devem se preparar para abrigar cada vez mais ferramentas e soluções com IA. E a atualização, por si só, já é um benefício. 

Anúncios

Na prática, isso significa buscar cursos livres, especializações, MBAs ou outros tipos de formações que unam a área de origem à tecnologia. A ideia é ser um aprendiz constante e entrar em movimento com as movimentações do mercado.

É o que diz Arnobio Morelix, CEO da Faculdade Sirius, especializada em Inteligência Artificial: “Independente do setor, o mundo é impulsionado pela inovação e a constante busca pelo conhecimento é fundamental. A IA é uma ferramenta que transforma a dinâmica do jogo, e quem se mantêm atualizado têm uma vantagem competitiva significativa”.

Anúncios

Arnobio também menciona outras orientações para quem quer usar a Inteligência Artificial como vantagem competitiva, como o uso das ferramentas para brainstorming, automação de tarefas operacionais e desenvolvimento de habilidades humanas.

Para o chamado brainstorming – também conhecido como tempestade de ideias, em português —, o CEO explica que ferramentas de IA generativa, como o ChatGPT, podem ajudar a entender qual caminho da própria carreira o profissional deseja construir, bem como a identificar as habilidades que precisam ser aprimoradas. A tecnologia pode até mesmo ajudar a desenvolver essas habilidades.

“Posso dar o exemplo da Inteligência Artificial da Sirius, a Luna, treinada para ser um mentor de carreiras, ou mesmo o ChatGPT. Você pode pedir para que eles analisem uma oferta de trabalho e melhorem o seu currículo, para aquela proposta. Enfim, muitas possibilidades”, complementa.

Outra ideia é utilizar a IA para automatizar e agilizar tarefas operacionais, ganhando mais tempo para focar naquilo que é mais estratégico. “Ao integrar inteligência artificial em nossa rotina profissional, é crucial compreender quais tarefas delegar. Isso permite que os profissionais se concentrem em atividades que exigem criatividade e tomada de decisão estratégica”, ressalta Morelix.

Ele defende que a relação com as ferramentas de IA deve ser parecida com a relação com um colega de trabalho. “Usar a Inteligência Artificial no dia a dia. Da mesma forma que, quando você tem alguma dúvida, você liga para um colega de trabalho ou pergunta pra quem tá na cadeira do lado ‘Me ajuda a fazer esse material?’, você pode contar com a IA para isso também”, acrescenta. 

Além disso, focar no desenvolvimento das habilidades humanas pode ser um grande diferencial competitivo na carreira. Morelix lembra que a IA não irá substituir a criatividade, a empatia e a capacidade de resolver problemas complexos. “Apesar do avanço tecnológico, as habilidades humanas continuam sendo inestimáveis. O desenvolvimento constante dessas habilidades irá ancorar uma carreira sólida e adaptável às mudanças no mercado”, finaliza.

Oficina gratuita

Essas são algumas das recomendações que fazem parte do workshop “Planejando sua carreira com IA”, que será realizado pela Faculdade Sirius no próximo dia 06 de fevereiro, às 19h. 

A oficina, ministrada por Arnobio Morelix, irá abordar estratégias para crescimento da carreira e oferecer insights valiosos sobre o impacto da Inteligência Artificial nas trajetórias profissionais. O evento será gratuito, completamente remoto e disponibilizará certificado de participação. Para garantir uma vaga no evento, os interessados podem se inscrever através do link.

Sobre a Sirius

A Faculdade Sirius, focada em inteligência artificial, ajuda profissionais no Brasil a aumentarem rapidamente seus salários com duas grandes oportunidades: IA e trabalhos faremotos no exterior. A edtech recebeu nota máxima do Ministério da Educação (MEC) em 2022, que só 2.2% das faculdades do Brasil recebem. A Sirius foi nomeada uma de 15 startups que estão entre as mais promissoras da América Latina, pela Forbes Magazine, e ranqueada como uma das 100 melhores edtechs do continente pelo Holon IQ Global Summit na Cidade do México.

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Ao longo de março, abril e maio foram desenvolvidas diversas etapas do projeto Geo-escola na Escola Municipal de Ensino...

Categorias