16 de julho, 2024

Últimas:

Hines faz 25 anos no Brasil e destaca projetos de uso misto

Hines faz 25 anos no Brasil e destaca projetos de uso misto

Anúncios

No ano em que comemora 25 anos no Brasil, a Hines, uma das principais companhias globais de investimento imobiliário, gestão e incorporação, traça uma nova frente de negócios, com foco no residencial para renda, ao mesmo tempo em que fortalece seu portfólio residencial para venda, de galpões logísticos e grandes projetos de uso misto. 

Com 58 projetos no Brasil, totalizando mais de 3,5 milhões de metros quadrados e um valor investido de mais de 6 bilhões de reais, a Hines planeja aplicar no país sua ampla expertise internacional neste segmento.

Anúncios

Para Antonio Ferreira Rosa, Country Head da Hines Brasil, durantes os 25 anos de atuação no país, a empresa tem se destacado como um dos principais players do setor, com projetos de destaque e premiações e certificações ESG. “Só de residências construídas e em desenvolvimento, são mais de 14 mil unidades no Brasil. Em São Paulo, especificamente, crescemos com a cidade e projetamos seguir nesse ritmo nos próximos anos”, conclui.

Entre os projetos que contam com a assinatura Hines Brasil estão os residenciais Millenium Faria Lima e o bairro Jardim das Perdizes, a torre de escritório RiverView, e o projeto de uso misto Éden Park em São Paulo, o edifício Castelo, referência de retrofit no mercado de escritórios do Rio de Janeiro, e os galpões logísticos desenvolvidos e gerenciados sob a marca Distribution Park, reconhecida pela qualidade de seu produto, hoje presentes em São Paulo, Rio de Janeiro e Manaus.

Anúncios

Syl Apps, CEO da Hines na América do Sul, destaca o compromisso da empresa com o futuro do país, da sociedade e do setor imobiliário: “Temos orgulho do que e como construímos até aqui e estamos preparados para seguir contribuindo ainda mais com o crescimento sustentável das cidades onde estamos e estaremos presentes”, finaliza.

Crescimento em nova área de negócios

Tanto os elevados preços para compra de imóveis em áreas mais valorizadas de São Paulo quanto uma mudança de mentalidade de uma geração que prioriza o uso ao invés da propriedade, criam a oportunidade de crescimento do mercado residencial para renda no Brasil.

Para o sucesso da empreitada, a empresa conta com a expertise global da companhia no setor. Ao todo – incluindo projetos em andamento – já são mais de 53 mil unidades distribuídas em 126 empreendimentos em várias cidades mundo afora e que juntos somam mais de 3,6 milhões de metros quadrados.

Grandes projetos de uso misto

Seguindo a tendência de grandes metrópoles globais, a Hines Brasil tem investido no desenvolvimento de grandes empreendimentos que combinam diversos usos em um mesmo projeto. É o caso do Éden Park, empreendimento lançado em 2022, e que compreende uma torre de escritório, uma torre de apartamentos residenciais para locação, cinco edifícios residenciais, além de um shopping de conveniência. Todas as torres estarão de frente para um parque, que será construído e entregue para a cidade. “Estes projetos oferecem uma alternativa de mobilidade urbana, além de qualidade de moradia e utilização”, enfatiza Ferreira.

Esta linha de produto já conta com um novo investimento previsto para 2024. Trata-se de um empreendimento composto por uma torre corporativa de última geração e dois edifícios residenciais na região da Avenida Chucri Zaidan. “Os grandes projetos requerem maior prazo de aprovação, mas proporcionam projetos arquitetônicos extremamente diferenciados”, afirma Ferreira.

Atuação logística

Um dos grandes destaques da Hines Brasil é a implementação do “Distribution Park”, uma estratégia da empresa para o desenvolvimento de condomínios logísticos em todo o território brasileiro. A primeira iniciativa foi lançada ainda nos primeiros anos da empresa no país, em 2000, na cidade de Louveira, São Paulo. Hoje, a marca está presente também no Rio de Janeiro e Amazonas, soma mais de 2 milhões de metros quadrados de áreas desenvolvidas e conta com mais de 60 inquilinos.

Os empreendimentos logísticos da Hines têm como diferencial a atenção às especificações técnicas para a alta produtividade dos inquilinos, com custo reduzido de manutenção e operação. Mas, para além disso, os projetos também são pensados levando em conta o contexto geral das cidades em que se localizam. 

Na frente de logística, a empresa está focada em desenvolver novos projetos dentro de um raio de 40km da cidade de São Paulo, justamente buscando atender as empresas de logística e e-commerce que precisam entregar produtos cada vez mais rápido para os consumidores. “A Hines, baseada também na sua experiência internacional, acredita que o e-commerce ainda tem muito para crescer e este crescimento necessita de galpões com as mais altas especificações que garantem uma operação eficiente para movimentar produtos com menor custo”, afirma Steve Mathieson, Vice- Presidente da Hines Brasil.

Foco em ESG

A Hines Brasil emprega práticas ESG consolidadas em seus produtos e serviços. Espaços verdes, eficiência no uso de energia e no consumo de água, emprego de materiais sustentáveis, bem como a execução de obras de melhorias em escolas e  postos de saúde públicos para ajudar comunidades locais são algumas das medidas implantadas. 

A empresa também conta com o reconhecimento nível gold da LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), uma das certificações ambientais mais reconhecidas no mundo, em dois empreendimentos: um galpão logístico em Embu das Artes, na Grande São Paulo, e a torre comercial RiverView, também em São Paulo. 

A companhia já foi reconhecida em edições do Prêmio Master Imobiliário nas categorias escritórios, industrial e retrofit. O evento celebra, anualmente, os melhores empreendimentos e as mais bem-sucedidas iniciativas de empresas e profissionais do setor no Brasil. 

Nascida como uma incorporadora há mais de 60 anos no Texas, Estados Unidos, a Hines expandiu o conceito arquitetônico e trouxe para o Brasil, a partir de 1998, a gestão de investimentos inteligentes baseada em décadas de experiências imobiliárias globais. A sede em São Paulo, com quatro funcionários à época, foi a entrada da empresa no mercado sul-americano, e o primeiro empreendimento realizado no país foi a incorporação de mais de 55 mil metros quadrados mixed-use na região da Faria Lima, mercado de escritórios mais nobre da capital paulista.

Talvez te interesse

Últimas

Conselho Federal de Medicina ressalta que o PMMA é seguro quando utilizado por profissional qualificado ...

Categorias