21 abril, 2024

Últimas:

Furukawa oferece treinamento gratuito para estudantes em vulnerabilidade social

Anúncios

Preparar jovens estudantes do ensino médio para uma formação profissional na área de tecnologia e, ao mesmo tempo, contribuir para amenizar o problema da falta de mão de obra capacitada que atinge o mercado nesse setor. Esse é o principal objetivo de uma nova iniciativa de responsabilidade social promovida pela Furukawa: a oferta de treinamento específico e gratuito, para turmas exclusivas, na área de redes de fibra óptica. 

O primeiro curso realizado, em parceria com o distribuidor QualiLan e o Instituto La Bruma, aconteceu no final de maio e contemplou 20 estudantes da cidade de Votuporanga, no interior de São Paulo. Eles foram escolhidos para receber, gratuitamente, o curso profissionalizante FCP Fibras Ópticas – o mesmo ministrado nos centros de treinamento credenciados da Furukawa.

Anúncios

“A intenção dessa iniciativa é beneficiar, principalmente, jovens em situação de vulnerabilidade social, ajudando-os a entrar em um mercado de trabalho que vem demandando cada vez mais profissionais capacitados”, explica Fernanda Camargo de Oliveira, analista de treinamento da Furukawa Electric LatAm. Com 24 horas de duração, o curso FCP Fibras Ópticas introduz o aluno nessa área, oferecendo informações sobre fontes ópticas, multiplexação, boas práticas de projeto e instalação, normas e prática de montagem de redes ópticas. Apresenta também soluções e as tecnologias de fibras ópticas, conectores, cabos, acessórios e outros componentes.

Rodolfo Vera, fundador e presidente do Instituto La Bruma – centro de treinamento credenciado Furukawa que atende pessoas com algum tipo de deficiência intelectual -, afirma que as empresas instaladas em Votuporanga enfrentam dificuldade para contratar mão de obra qualificada na área de redes de fibra óptica. “Ao oferecer um curso profissionalizante Furukawa para jovens que estão prestes a entrar no mercado de trabalho, também estamos contribuindo para diminuir esse problema”, acrescenta.

Anúncios

Em Votuporanga, as 24 horas de treinamento foram divididas em três dias (de quinta-feira, 25, a sábado, 27/05). Os 20 jovens selecionados para o curso têm entre 16 e 18 anos e estão no 2.º e 3.º anos do ensino médio – 15 são alunos da Escola Estadual Professora Esmeralda Sanches da Rocha, que fica na periferia da cidade, e os demais são atendidos na instituição O Lar Frei Arnaldo, que já desenvolve um trabalho de formação de jovens carentes na área de robótica. 

Para Gabrielly Vitória Ribeiro de Jesus, 16 anos, uma das estudantes contempladas, foi o primeiro curso na área de tecnologia e ela gostou da experiência. “O assunto é complexo, mas o curso foi muito bom. Adorei”, afirma. Vinícius de Souza, também de 16 anos, conta que já tinha interesse em tecnologia e que o curso o motivou a seguir carreira nessa área. “Foi uma oportunidade única, que vai me ajudar no futuro”, ressalta. “O curso foi maravilhoso, o professor explicou tudo muito bem e agora pretendo aprender mais, fazer novos cursos, para atuar na área de tecnologia”, diz Vinícius.

Últimas

Aposta do Rio de Janeiro leva prêmio de R$ 102,1 milhões da Mega-Sena

20/04/2024

Anúncios Uma aposta do Rio de Janeiro (RJ) acertou as seis dezenas do concurso 2.715 da...

Categorias