12 abril, 2024

Últimas:

Operações estruturadas protegem carteira na bolsa

Operações estruturadas protegem carteira na bolsa

Anúncios

As operações estruturadas são uma estratégia sofisticada que envolve a combinação de dois ou mais ativos financeiros, como ações, títulos de renda fixa, opções, contratos futuros ou swaps.

Segundo a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), o volume distribuído em operações estruturadas aumentou de 19,9 bilhões em 2020 para 31,2 bilhões de reais em 2.021, representando um crescimento superior a 50%.

Anúncios

Apesar desse crescimento em volume, esse tipo de operação ainda gera dúvidas entre os investidores. Diante do cenário, Thiago Pedroso, um dos responsáveis pela divisão de renda variável da Criteria Partners, ressalta que essas estratégias podem ser complexas e apresentar riscos significativos, uma vez que dependem do desempenho de múltiplos instrumentos financeiros subjacentes.

Por essa razão, Thiago aponta que é fundamental que os investidores tenham um entendimento aprofundado das características e riscos desses produtos antes de investir neles. O Head aconselha que os interessados busquem informações junto a profissionais especializados ou tenham suporte com assessoria de investimentos para tomar decisões informadas e mitigar possíveis riscos.

Anúncios

Prós e contras das operações estruturadas no mercado financeiro

As operações estruturadas no mercado financeiro apresentam uma série de prós e contras que os investidores devem considerar. Entre os benefícios, Pedroso destaca a diversificação da carteira de investimentos, que reduz a exposição a riscos específicos do mercado, além da possibilidade de proteção contra baixas por meio de estratégias como opções de compra com proteção. As operações estruturadas também oferecem potencial de lucro ampliado, especialmente com opções de compra alavancadas.

No entanto, é importante ressaltar a complexidade dessas operações, exigindo um conhecimento técnico avançado, o que pode dificultar a entrada de investidores iniciantes. Além disso, as operações estruturadas geralmente envolvem custos adicionais, como taxas de corretagem e operacionais. A liquidez pode ser um desafio em algumas dessas operações, dificultando a venda da posição em momentos de necessidade.

Como em qualquer investimento, há sempre o risco de perda associado às operações estruturadas, e os investidores devem estar preparados para lidar com isso e ter um plano de gerenciamento de risco sólido. Por outro lado, essas operações oferecem maior controle de risco e flexibilidade, permitindo que os investidores personalizem suas estratégias de acordo com suas necessidades e objetivos.

Por fim, Pedroso ressalta que compreender esses aspectos é fundamental para que os investidores possam tomar decisões informadas no mercado financeiro e aproveitar as oportunidades disponíveis, ao mesmo tempo, em que mitigam os riscos envolvidos. A busca por informações junto a profissionais qualificados e a assessoria de investimentos são recomendadas para garantir uma participação assertiva nesse mercado.

A Criteria Partners fornece serviços regulamentados pela CVM, abrangendo áreas como Crédito, Seguros, Câmbio e Fusões & Aquisições entre outras.

Últimas

FIBO e Arnold apontam tendências do setor fitness em evento

FIBO e Arnold apontam tendências do setor fitness em evento

12/04/2024

Dispositivos wearable, aplicativos de exercícios físicos e tecnologias voltadas para públicos mais diversos são destaques nas...

Categorias