15 de junho, 2024

Últimas:

Tráfego Inválido: US$ 35,7 bi foram desperdiçados em ads em 2022

Tráfego Inválido: US$ 35,7 bi foram desperdiçados em ads em 2022

Anúncios

Mais de 35 bilhões de dólares foram desperdiçados com anúncios visualizados por Tráfego Inválido (IVT) em 2022, segundo a pesquisa State of Fake Traffic in 2023 – da CHEQ em parceria com o Statista. O mesmo estudo mostra que os negócios também perderam cerca de 142 bilhões de dólares em potencial, graças ao impacto do tráfego falso.

O Tráfego Inválido é qualquer atividade exercida em um site, blog ou app com o objetivo de aumentar as visualizações, ou cliques em anúncios de forma fraudulenta. Ou seja, sem que um usuário real tenha a verdadeira intenção de interagir com o anúncio. Embora qualquer negócio esteja sujeito a sofrer com esse problema, os maiores afetados tendem a ser aqueles que dependem da compra de tráfego ou anúncios para existirem. O gráfico mostra as indústrias mais afetadas por IVT.

Anúncios

Outro dado que chama atenção no relatório é o aumento de 167% de Tráfego Inválido entre 2021 e 2022. Na prática, entende-se que a tendência é que esse número continue aumentando, principalmente em razão do uso de Inteligência Artificial para tornar tais práticas fraudulentas mais aprimoradas e difíceis de monitorar. 

Donos de site de aplicativos devem estar atentos, afinal, os prejuízos causados por IVT podem ser inúmeros. Alguns exemplos são: perda de anunciantes premium, restrição de receita e até bloqueio da conta de anúncios do Google — o que pode comprometer o negócio de forma definitiva.

Anúncios

Kean Graham, CEO e fundador da MonetizeMore — empresa global de monetização de anúncios de sites e apps — alerta que os tipos de tráfego inválido estão cada vez mais refinados. Isso torna a sua identificação mais difícil de ser feita através apenas da análise dos padrões de tráfego.

“O Google recomenda usar o Analytics para procurar anomalias ou picos nos dados que não pareçam orgânicos. Uma página ou domínio pode ter sido segmentado se grande parte do aumento do tráfego vier de uma área específica ou se o tempo no site cair drasticamente”, explica.

Além disso, é importante verificar a implementação de anúncios do site ou app. Todo anúncio deve seguir as diretrizes do Google e do Interactive Advertising Bureau (IAB) em relação ao espaço ao redor dos anúncios, visibilidade, intrusividade, propriedades de exibição etc. 

Tráfego Inválido Sofisticado

Defender-se dos ataques de bots, que estão ficando cada vez melhores, garantir que não haja violações da política de configuração de anúncios e ainda ter uma implementação totalmente correta de anúncios em um site ou app pode ser um desafio. Por isso, soluções automatizadas têm se tornado cada vez mais populares.

Já existem no mercado tecnologias capazes de bloquear IVT e proteger a receita do publisher. No entanto, é importante ser criterioso ao escolher a plataforma ideal, já que o Tráfego Inválido Sofisticado é muito mais técnico e difícil de capturar. 

“Geralmente requer análises avançadas e intervenção humana para prevenir ameaças. Isso inclui bots e spiders que se parecem com visitantes humanos, dispositivos sequestrados, sessões sequestradas com dispositivos sequestrados, tráfego proxy inválido, adware, malware, promoção incentivada fraudulenta etc.”, pontua Graham. 

Ele recomenda, ainda, que a solução automatizada contra Tráfego Inválido deve ser capaz de lidar com todos os tipos de IVT e ser continuamente atualizada à medida que novas ameaças chegam. 

Para saber mais, basta acessar: pt.pubguru.com.br

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Na manhã desta sexta-feira, 14, a Polícia Civil realizou uma operação policial no Condomínio Cachoeirinha 2, em uma ação...

Categorias