19 abril, 2024

Últimas:

Compras digitais ganham espaço entre os consumidores

Compras digitais ganham espaço entre os consumidores

Anúncios

De acordo com uma pesquisa recente realizada pela Octadesk em parceria com a Opinion Box, 61% dos brasileiros preferem fazer compras por meios digitais em vez de ir às lojas físicas, tornando o e-commerce a opção preferida dos consumidores. Além disso, 42% dos entrevistados realizam compras on-line mais de uma vez ao mês. 

Na pesquisa, quando questionados sobre as razões mais importantes para escolher lojas online, 73% dos entrevistados citaram preços baixos como um fator que os leva a fazer compras na internet. O estudo também mostra que 72% dos consumidores valorizam a praticidade de fazer compras sem sair de casa, enquanto 69% afirmaram que só encontram algumas promoções na internet.

Anúncios

De acordo com o fundador da Avancci e especialista em estratégia de marketing, Rodolfo Franzim, diante deste cenário, as empresas que desejam impulsionar as vendas on-line devem criar estratégias eficientes, que envolvem a geração de demanda qualificada, tráfego pago e funil de vendas. Isso significa identificar as necessidades e desejos dos consumidores, atraindo visitantes para o site, convertendo-os em leads e, finalmente, em clientes.

Quando os empreendedores começam a enxergar que precisam vender, prossegue o executivo, novas prioridades se abrem, a rotina e cultura da empresa começam a sofrer algumas alterações. “O empresário, que antes só pensava em produto, começa a entender que construir um processo de vendas vem à frente de muitas coisas na empresa, justamente por ser o oxigênio. De nada adianta um bom financeiro, um bom produto ou um excelente RH se a empresa não vende”, observa.

Anúncios

Para Franzim, quando o diretor entende que vendas é fundamental e começa a ajustar sua rotina para aumentar o número de clientes, em instantes vai perceber que gerar demanda é fundamental para que isso aconteça. “A demanda não cai do céu, ela precisa ser gerada, seja com estratégias ativas ou por consequência de um bom branding”, salienta.

Ao migrar a geração de demanda qualificada, onde se utiliza a internet, prossegue o especialista, é possível construir um sistema que possibilite o volume necessário de demanda qualificada e que permita com que o time comercial feche um bom percentual de vendas. Dessa forma, o empresário consegue ter clareza de quanto custa cada uma das etapas do seu processo de vendas, como um lead qualificado, um envio de proposta e o fechamento de um contrato. “Com esses números em mãos, se torna simples a jornada de crescimento”, destaca.

O fundador da Avancci explica que, com as ferramentas de anúncios disponíveis na internet, é possível ter métricas e rastreabilidade. Dessa maneira, o controle passa a ficar na mão do vendedor: cada detalhe, desde cada centavo que foi investido até quantas pessoas acessaram sua página na internet, pode ser consultado. Além disso, pontua Rodolfo, um bom processo de geração de demanda através da internet, acontece não apenas por uma plataforma de anúncios como o Google ou o Meta, mas com um conjunto de ferramentas e estratégias que, quando empilhadas e ajustadas, resultam em vendas. 

Por fim, Franzim explica que após isso, dentro da plataforma, pode ter um convite para que o cliente possa chamar no WhatsApp para saber mais informações, tirar dúvidas, realizar um orçamento ou fechar negócios. 

“Esse simples processo pode ser responsável por abastecer todos os seus vendedores com pessoas interessadas. E, consequentemente, isso altera por completo a realidade de vendas da sua empresa e permite aumentar o volume de consumidores chegando”, pontua, acrescentando que com esse cenário, pode ser preciso expandir o time comercial da organização.

Website: www.avancci.com.br

Últimas

O Banco Popular lança uma nova campanha ‘We Follow Your Rhythm’ e introduz a marca sonora

18/04/2024

Anúncios Porto Rico é uma reconhecida plataforma global de talentos musicais, com uma variedade de ritmos...

Categorias