23 de julho, 2024

Últimas:

Progressiva orgânica proporciona alisamento sem formol

Progressiva orgânica proporciona alisamento sem formol

Anúncios

Nos últimos anos, a técnica de alisamento com progressiva orgânica ganhou espaço nos salões de beleza como uma alternativa em relação aos produtos que continham formol. Isso se deve aos fatores nocivos associados à substância química, que resultaram na sua proibição em cosméticos no Brasil e em diversos países. No entanto, ainda existem estabelecimentos que oferecem essa modalidade de alisamento.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizou um levantamento com as Vigilâncias Sanitárias de estados e municípios sobre o uso de formol como alisante capilar em salões de beleza. Segundo o estudo, 35% dos fiscais sanitários que participaram da pesquisa relataram ter encontrado o uso irregular de formol em alisantes. O uso desse produto é preocupante, já que pode causar graves problemas de saúde, como irritação na pele e nos olhos, problemas respiratórios e até mesmo câncer.

Anúncios

Nesse contexto, as progressivas orgânicas têm se tornado uma alternativa nos salões de beleza como uma opção mais saudável ao alisamento com formol. De acordo com as marcas que oferecem esse método de alisamento, o produto é capaz de alisar os fios sem causar danos ou irritações no couro cabeludo, essa promessa tem atraído cada vez mais pessoas que buscam uma solução duradoura sem comprometer a saúde dos cabelos.

Para Julia Kosaka, representante da Le Prö Cosmetics, marca de cosméticos voltada para elementos naturais e orgânicos, a progressiva orgânica combina componentes que tratam os fios e não desestabilizam o couro cabeludo, potencialmente evitando efeitos colaterais. “Além disso, a abertura das cutículas permite que os ativos penetrem os fios e atinjam sua camada mais interna, mantendo sua elasticidade e umidade”, afirma a especialista.

Anúncios

Além dos efeitos nos cabelos, a opção orgânica pode oferecer maior segurança para os profissionais que aplicam a técnica. “Os salões de beleza podem melhorar a qualidade do serviço oferecido, já que não precisam lidar com o risco de problemas de saúde causados pelo uso de formol”, complementa Julia.

Um estudo recente do Kantar Worldpanel demonstra que mais de 50% dos consumidores do mundo preferem produtos naturais e orgânicos quando se trata de cuidados pessoais. Esse crescimento na demanda pode estar atribuído a fatores como os ingredientes utilizados, a preocupação com o meio ambiente e a busca por produtos de melhor qualidade.

Demanda de produtos orgânicos em salões de beleza

A profissional da beleza Cecilia Mara, que adotou a progressiva orgânica em seu salão há cerca de um ano, relatou resultados satisfatórios e um aumento na demanda por esse tipo de serviço. “Por indicação, comecei a utilizar a progressiva orgânica. Essa escolha aumentou a confiança de minhas clientes em procedimentos capilares, resultando em um crescimento na demanda pelos serviços e na fidelização das clientes, que agora também adquirem os produtos orgânicos para manutenção em casa”, afirma a profissional.

A busca por produtos capilares mais saudáveis e naturais tem impulsionado o mercado de progressivas orgânicas nos últimos anos. De acordo com um relatório da Mordor Intelligence , é previsto que o mercado mundial de produtos orgânicos para cuidados pessoais cresça a uma taxa média de cerca de 7,61% ao ano até 2026.

A representante da Le Pro Cosmetics ressalta, ainda, que a procura pelo método orgânico não se limita apenas ao Brasil: “A demanda continua crescendo, dentro e fora do Brasil. A Le Pro, por exemplo, exporta itens para mais de 30 países ao redor do mundo, incluindo Estados Unidos, Portugal, Índia e Turquia”.

Website: www.lepro.com.br

https://www.instagram.com/lepro_cosmetics/

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Na manhã desta segunda-feira (22), uma operação policial foi realizada pelos Policiais Civis da Delegacia de Proteção Animal da...

Categorias