24 de junho, 2024

Últimas:

Oferta de educação audiovisual cresce no Brasil

Oferta de educação audiovisual cresce no Brasil

Anúncios

No Brasil, há mais celulares inteligentes (242 milhões) do que habitantes (214 milhões), de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) – e dados indicam que os vídeos estão entre os conteúdos mais acessados no ambiente on-line. Cerca de 99% dos usuários da internet assistem vídeos, segundo um balanço da Kantar Ibope Media, de 2021. Inclusive, 72% das pessoas consomem o formato nas redes sociais.

Além disso, cerca de 70% dos brasileiros conectados à web já compraram um produto ou serviço após assistirem a um vídeo no YouTube, de acordo com a pesquisa Think With, do Google. Outro detalhe é que mais da metade das pessoas que consomem conteúdo em vídeo ficam mais interessadas em buscar conhecimentos adicionais sobre os temas.

Anúncios

Leandro Ferreira, CEO e fundador da Mov Locadora – empresa que atua com o aluguel por dia ou assinatura de equipamentos audiovisuais e tecnologia -, destaca que a receita com publicidade de vídeos para o YouTube vem aumentando, em média, 10% ao ano nos últimos dois anos e hoje representa 27% do “bolo” publicitário, citando dados da Oxford Economics.

Segundo Ferreira, a ampla adesão aos conteúdos em vídeo trouxe à tona a necessidade de profissionalização, o que gerou o aumento da oferta de cursos do segmento audiovisual nas faculdades do país. “Em 2016, existiam apenas 86 cursos do gênero no Brasil, número que saltou para 184 em 2020, conforme dados do Ministério da Educação”, cita.

Anúncios

Os cursos do segmento visam o desenvolvimento das áreas de produção, edição e criação de conteúdo em áudio e vídeo. As formações visam capacitar profissionais para atuar em produções para a web e redes sociais, além de televisão, cinema e documentários oferecem técnicas para que os profissionais desenvolvam suas carreiras.

Além disso, os cursos oferecem oportunidades para conhecer as novas tecnologias e ferramentas de produção que surgem na área, contribuindo para que os profissionais se mantenham atualizados e tenham acesso ao melhor da indústria audiovisual.

“Muitas faculdades migraram o curso de Rádio e TV para o Curso Audiovisual, o que mostra o potencial e crescimento do setor”, observa o empresário. “Além das faculdades, diversas escolas oferecem cursos livres do segmento audiovisual on-line e presencial, como a Braisntorm Academy e UniverSul Educação – parcerias da Mov Locadora”, acrescenta. 

O CEO-Founder da Mov Locadora observa que a demanda para produção de vídeos para a internet se torna cada vez maior a cada ano. “Nos últimos anos, o vídeo se tornou um dos formatos on-line mais populares no Brasil e no mundo, abrangendo desde conteúdo educacional, reviews de produtos ou uma receita culinária, por exemplo”.

“As faculdades e cursos especializados entenderam a demanda do mercado e aumentaram a oferta por cursos profissionalizantes para o setor”, afirma Ferreira.

Aluguel facilita acesso a equipamentos de audiovisual para estudantes 

Segundo o empresário, a necessidade de aquisição de equipamentos costumava ser um entrave para a produção audiovisual, mas, graças à possibilidade de locação, estudantes podem ter acesso a equipamentos de qualidade sem a necessidade de altos investimentos, o que impulsiona toda a indústria.

“Antes da possibilidade de locação, os equipamentos para produção audiovisual não eram acessíveis para todas as classes sociais. Hoje, 60% dos clientes da Mov, por exemplo,  nunca tiveram contato com equipamentos profissionais, como câmeras, lentes e notebooks para edição de alta performance. Isso reforça a democratização realizada através da locação de equipamentos”, conclui Ferreira.

Para mais informações, basta acessar: https://movlocadora.com.br/

Talvez te interesse

Últimas

Um dos títulos traz informações para quem atua na direção de negócios e o outro aborda o impacto da gestão...

Categorias