30 de maio, 2024

Últimas:

Dia Mundial do Gato fortalece o compromisso com o seu bem-estar

Dia Mundial do Gato fortalece o compromisso com o seu bem-estar

Anúncios

Em 17 de fevereiro foi comemorado o Dia Mundial do Gato. Uma instituição italiana criou esta data em 2002, com o objetivo promover uma campanha contra os maus tratos que esses animais sofriam e sofrem até hoje. Diversos tutores, apaixonados pelo animal, instituições e ONGs aderiram o dia e muitos comemoram a data dedicada ao felino.

O Brasil tem a segunda maior população de pets do mundo, sendo que a população de felinos tem muito a celebrar, pois está em crescente evolução.

Anúncios

“Há milhares de anos, os gatos fazem parte da história e da mitologia em várias partes do mundo. Com o passar do tempo, a visão mística e preconceituosa deu lugar à domesticação desses carinhosos animais. É importante ter em mente que os felinos são animais que requerem cuidados especiais. Proporcionar um ambiente feliz e saudável aumenta a qualidade de vida e ajuda a evitar doenças que podem encurtar a sua vida”, salienta Vininha F. Carvalho, editora da Revista Ecotour News.

As adoções de gatos aumentaram em 30% desde o início da pandemia no Brasil. O número faz parte de uma pesquisa da Comissão de Animais de Companhia (Comac), realizada no segundo semestre de 2020.

Anúncios

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), a população de animais de estimação no Brasil era de 167,6 milhões em 2022. Desses, 67,8 milhões são de cães e 33,6 milhões de gatos.

Para a médica veterinária especializada em medicina de felinos do Veros Hospital Veterinário, Camila Ferreira, o Dia Mundial do Gato pode ser uma ótima oportunidade para os amantes de gatos refletirem sobre o papel especial que esses animais desempenham em suas vidas e para promover a conscientização sobre o bem-estar dos gatos, incluindo a adoção responsável, cuidados veterinários e esterilização para controle populacional.

A atenção e o cuidado com a nutrição são importantes aliados para colaborar com uma vida mais longa e saudável dos felinos. Dra. Letícia Tortola, médica-veterinária e coordenadora de comunicação científica da Royal Canin Brasil, ressalta a importância de fornecer um alimento adequado, principalmente quando se trata de gatos com sensibilidades.

“Cada pet é único e suas necessidades nutricionais podem variar dependendo da necessidade. Acompanhar a saúde do pet regularmente é fundamental para que adaptações na dieta sejam feitas quando necessário, sempre com a orientação do médico-veterinário”, pontua a Dra. Letícia Tortola

Os tutores de gatos já estão acostumados com o paladar exigente dos felinos. Mas é preciso redobrar a atenção quando eles se tornam idosos, aproximadamente aos 12 anos. Nessa fase, os gatos costumam apresentar alterações no organismo, principalmente em relação à alimentação. “Uma alimentação específica, voltada a esta fase da vida e que leve em conta essas necessidades especiais é um cuidado preventivo de saúde, que colabora para a promoção do bem-estar, longevidade e qualidade de vida”, afirma o médico-veterinário Flavio Silva, supervisor de capacitação técnico-científica da Premier Pet.

Os check-ups preventivos são muito importantes para os gatos, pois podem detectar problemas na saúde geral dos felinos antes mesmo dos sintomas serem perceptíveis. 

“As clínicas cat-friendly são uma boa opção. Especializadas para atendimento de felinos, concentram esforços para que os gatos passem menos estresse durante os atendimentos com salas de espera, consultório e área de internação dedicados exclusivamente para eles, além de um sólido conhecimento na espécie “, finaliza Vininha F. Carvalho.

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Veronyka Oliveira Silva – 11 anos Sepultamento Cemitério Jardim 30/05/24 às 17h Não há informação sobre o velório Anúncios...

Categorias