16 de junho, 2024

Últimas:

IEG: estudo inédito investiga o uso do ChatGPT no país

IEG: estudo inédito investiga o uso do ChatGPT no país

Anúncios

Muita coisa mudou desde que o ELIZA, o primeiro programa de computador a simular diálogos humanos, foi criado pelo cientista da computação teuto-estadunidense Joseph Weizenbaum (1923-2008), em 1996. Segundo uma apuração da Nvidia compartilhada pela Exame, os modelos de IA (Inteligência Artificial) direcionados à interpretação de linguagem cresceram, em média, 10 vezes em tamanho e complexidade.

O ChatGPT, lançado pela OpenAI em novembro de 2022, atingiu 100 milhões de usuários ativos mensais em janeiro e se tornou o aplicativo de consumo com crescimento mais rápido da história, conforme comentário do banco suíço UBS divulgado pela Forbes. O serviço de chatbot baseado em IA permite a interação com um robô inteligente por meio da tecnologia GPT-3 (Generative Pre-trained Transformer 3).

Anúncios

Para entender o panorama atual do chatbot, o IEG (Instituto de Engenharia de Gestão) realizou a “Pesquisa sobre a utilização do ChatGPT”. O estudo inédito entrevistou mais de 100 profissionais brasileiros entre os dias 25 de janeiro a 03 de fevereiro de 2023 a fim de identificar as percepções e as perspectivas dos usuários em relação ao tema.

Mais da metade dos respondentes são da geração dos Millennials, ou seja, aqueles que possuem entre 27 e 42 anos. A maioria (71%) dos respondentes demonstrou já ter ouvido falar no ChatGPT, mesmo sendo uma ferramenta que ganhou maior notoriedade há pouco tempo, reforçando a velocidade com a qual as informações são compartilhadas atualmente, principalmente por meio da internet.

Anúncios

De acordo com a pesquisa, 54% dos entrevistados conhecem pouco ou muito pouco sobre a ferramenta, mas a Geração Z (nascidos depois de 1996) é a que mais sabe sobre o tema. Dentre os brasileiros que conhecem o chatbot, 60% já usaram a tecnologia. Aliás, 70% dos entrevistados que já utilizaram o ChatGPT acessam a ferramenta de forma esporádica.

“Precisamos estar antenados à inovação e às novas  tecnologias que estão surgindo. A tecnologia sempre foi grande aliada de transformações nas empresas e, atualmente, tornou-se vital para a evolução das organizações. É de extrema importância entender as grandes oportunidades que podem ser capitaneadas e as melhorias que já podem ser supridas com o apoio do ChatGPT”, afirma Vanessa Saavedra, sócia e fundadora do IEG.

Ela destaca que o ChatGPT vem revolucionando e disruptando o mercado de tecnologia e inovação do final de 2022 para 2023. “Estamos trabalhando na pesquisa e entendemos que é o começo de uma nova era de oportunidades e de grandes mudanças na forma de trabalho das empresas com auxílio do ChatGPT e de novas ferramentas de IA que não podemos deixar de aprofundar o conhecimento.”

Para Saavedra, “é possível constatar que a sociedade está diante de uma ferramenta que, em pouco tempo, já mostrou resultados significativos para quem souber explorar as funcionalidades disponíveis e adaptá-las ao seu ambiente operacional com ganho significativo de produtividade e qualidade. E isso é só o começo”, diz ela.

Para ter acesso ao estudo, basta clicar aqui e baixar o relatório gratuito com o resumo dos resultados da pesquisa.

Fonte: IEG/ Relatório-Pesquisa sobre a utilização do ChatGPT | FEV/2023

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.737 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (15) no Espaço da Sorte, na...

Categorias