19 de junho, 2024

Últimas:

CEO da Estrela10 ensina como atrair o consumidor da geração Z

CEO da Estrela10 ensina como atrair o consumidor da geração Z

Anúncios

O especialista em e-commerce e CEO da Estrela10, loja de departamento virtual, Marcelo Dantas, criou uma lista com dicas para ajudar empreendedores a atrair os consumidores da geração Z.

Pessoas nascidas a partir da segunda metade da década de 90 – pertencentes à geração Z – apresentam comportamentos disruptivos quando comparadas às gerações anteriores, de acordo com a definição sociológica do termo. Afinal, são jovens que nasceram na era da informação e da conectividade, por isso enxergam o mundo de forma totalmente diferente. 

Anúncios

Para Dantas, a geração Z possui muita intimidade com o universo digital, o que influencia significativamente seus hábitos de consumo. “Por exemplo, essas pessoas aprenderam a se relacionar pelas redes sociais e por aplicativos, evitam sair de casa e, sempre que podem, usam serviços delivery para não precisarem sair”, diz ele. 

Segundo o especialista, é fundamental que as empresas pensem em estratégias de vendas apropriadas para esse público. Sendo assim, ele descreveu cinco ideias que podem ajudar a manter os negócios relevantes, que seguem abaixo: 

Anúncios

1 – Criar sensação de pertencimento 

Um dos desejos da geração Z é fazer parte de uma comunidade que compartilhe de seus valores e propósitos de vida. Eles valorizam a opinião dos seus semelhantes, portanto é muito importante que as empresas busquem entender as motivações que só os nascidos na era digital têm. “A geração Z quer se comunicar de maneira direta com seus interesses. Logo, as empresas precisam dedicar tempo para criar estratégias voltadas para essa finalidade”, diz Dantas. 

2 – Deixar claro os valores da empresa

A geração Z se preocupa com seu futuro e também com o de sua comunidade, de acordo com estudiosos da sociologia. Por isso, esse consumidor busca consumir de empresas que vão ao encontro de seus valores e que se preocupam com as mesmas causas. “Esse público quer ter percepções claras dos valores e propósitos de uma organização. Por isso, as estratégias de comunicação devem ser direcionadas e trabalhadas no mundo virtual, que é onde a geração Z está”, ensina. 

3 – Ter iniciativas admiráveis    

De acordo com os sociólogos que estudam o tema, a geração Z é pluralista e valoriza a diversidade. Eles não consideram ações nesse sentido apenas iniciativas legais, mas sim uma expectativa a ser cumprida pelas empresas. “Trabalhar o marketing inclusivo e a responsabilidade social e ambiental, alguns dos principais valores dessa geração, são fundamentais para que uma empresa seja admirada pela geração Z”, revela Dantas. 

4 – Criar laços por meio de conteúdo de qualidade 

Segundo os estudiosos da sociologia, a geração Z gosta que as empresas criem laços com eles – mesmo que não sejam tão duradouros. Por isso, Dantas recomenda a criação de conteúdo orgânico interessante e relacionado ao universo da marca. “A forma clássica de fazer publicidade, com banners coloridos recheados de frases de efeito e promoções chamativas, não funciona tão bem com eles”, explica o especialista. Para ele, a melhor estratégia é embutir no conteúdo as oportunidades de venda.  

5 – Deixar de lado os métodos tradicionais de marketing   

A nova geração não é igual à anterior, portanto, não se deve aplicar métodos antigos: eles não vão funcionar. “O marketing para geração Z precisa ser personalizado para obter resultados. Esse público preza pela autenticidade e pelos valores da vida real e isso pode – e deve – estar presente na sua estratégia”, afirma o especialista. Uma das apostas, segundo ele, é o marketing de influência.

Talvez te interesse

Últimas

A saúde suplementar é um setor complexo e em constante evolução, que exige um conhecimento especializado para acompanhar sua regulamentação,...

Categorias