17 de junho, 2024

Últimas:

Seminário internacional sobre preservação do patrimônio histórico acontece em BH

Seminário internacional sobre preservação do patrimônio histórico acontece em BH

Anúncios

A preservação do patrimônio histórico é essencial para o desenvolvimento do Brasil. E é com este objetivo que o Instituto Cidades Criativas, em parceria com o Arquivo Público Mineiro e a CASACOR, lança o projeto Salvaguarda do Patrimônio Documental Arquitetônico e Urbanístico. Trata-se de um seminário internacional dedicado ao tema e um conjunto de atividades formativas, que serão entre os dias 16 e 18 de maio, com atividades presenciais, em Belo Horizonte, e online, com participação gratuita.

No “Seminário Internacional Salvaguarda de Acervos Arquitetônicos e Urbanísticos” serão quatro mesas redondas, envolvendo 12 palestrantes e quatro moderadores. No ciclo “Lives da Salvaguarda” acontecem seis lives com convidados. A “Salvaguarda Expandida” conta com quatro palestras proferidas em escolas de ensino superior, amplificando o alcance do seminário e contribuindo para o ciclo educativo de alunos e professores. O “Cine Parede” consiste em projeções no muro do Museu Mineiro, iniciativa audiovisual que amplia o campo curatorial do evento. E a “Exposição Temporária” terá duração de 45 dias no Museu Mineiro e no Arquivo Público Mineiro, com acervos arquitetônicos e urbanísticos candidatos a serem salvaguardados.

Anúncios

Os convidados são profissionais do mercado de arquitetura e patrimônio histórico. Entre os já confirmados estão: Carico, Flávio Almada, Gustavo Penna, Humberto Serpa, Lucia Candiotto, Bruno Balista (Arquivo Público Mineiro), Marília Palhares (IEPHA), Gisele Ferreira de Brito (USP), Isabela Tavares Guerra (Museu Histórico Abílio Barreto), Ivana Parrela (UFMG), Nuno Sampaio (Casa da Arquitetura/Portugal), Luiza Mader Paladino (USP/Plataforma Mário Pedrosa), Gabriela Pires (PUC/MG), Eduardo Costa (FAU-USP), Junia Mortimer (FAU-UFBA), Isabela Vecci, Danilo Matoso, Ulisses Morato (PUC-MG) e Celina Borges (UFMG).

O projeto foi idealizado a partir da iniciativa de salvaguarda do Governo de Minas Gerais. “É consenso de que só teremos um futuro digno com desenvolvimento, inclusão e bem-estar, se preservarmos a nossa cultura e história. O acervo documental arquitetônico e urbanístico Mineiro, documentos históricos de extrema importância, serão perdidos se não houver uma política ativa de preservação. Este projeto busca lançar as bases para o desenvolvimento de iniciativas e ações que resultem na salvaguarda deste patrimônio”, explica um dos criadores, Bruno Golgher.

Anúncios

As iniciativas de acessibilidade e democratização também são contempladas para que o projeto alcance todos os públicos relevantes e seja um instrumento de transformação social.

Salvaguarda do Patrimônio Documental Arquitetônico e Urbanístico é viabilizado por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, com patrocínio da Fundação Arcelor Mittal. Realização: Instituto de Cidades Criativas, Arquivo Público Mineiro e Governo de Minas Gerais. Parceria: Casa Cor Minas Gerais. Apoio Cultural: Faculdade de Arquitetura do UniBH. Apoio: Departamento de Arquitetura e Urbanismo da PUC Minas e do curso de especialização em Conservação e Gestão do Patrimônio Cultural.

 

Talvez te interesse

Últimas

Aurora Saúde lança produto que recompensa clientes que participam de Jornada Preventiva ...

Categorias