21 fevereiro, 2024

Últimas:

Pesquisa aborda tendências do uso de ChatGPT nas empresas

Pesquisa aborda tendências do uso de ChatGPT nas empresas

A nova pesquisa da plataforma GetApp traz a visão de 384 funcionários que estão em contato constante com o ChatGPT, chatbot online com base em Inteligência Artificial Generativa desenvolvido pela OpenIA, levantando os pontos positivos e negativos de sua utilização por empresas.

De acordo com os dados, 78% dos entrevistados utilizam a plataforma ao menos uma vez por dia, sendo ela a principal ferramenta de IA generativa mais usada pelos respondentes, totalizando 80% das respostas de seis opções apresentadas.  

Marcela Gava, analista sênior responsável pelo estudo, comenta que, a princípio, não surpreende que o ChatGPT seja a ferramenta mais usada citada na pesquisa, dada a grande repercussão que seu lançamento teve na mídia. O que surpreende, para ela, é o rápido reconhecimento dos usuários em relação ao potencial da ferramenta. 

No estudo, os respondentes levantaram os 3 principais benefícios do uso de ChatGPT no contexto corporativo, sendo eles: 

  • Melhoria no processo de trabalho, com 63%;
  • Economia de tempo, com 48%; 
  • E resultados criativos, com 40% das respostas. 

“Considerando que a OpenAI tem lançado novas versões da ferramenta, o impacto do chatbot no mercado de trabalho pode ser ainda maior no futuro graças aos novos recursos que vão sendo adicionados”, comenta Gava.

Os números do estudo mostram que, apesar de possuir diversas finalidades, a plataforma concentra seu maior uso em produção criativa, sendo a edição de textos em primeiro lugar (50%) e redação de textos (45%) em segundo.

Gava também ressalta o dado que mostra que mais da metade dos respondentes (62%) avalia cuidadosamente as respostas geradas pelo sistema do ChatGPT antes de usá-las. “Os trabalhadores entrevistados pelo GetApp têm empregado uma tarefa essencial do uso da IA generativa: a revisão do material gerado para evitar inconsistências”, comenta. 

“A partir dos dados, podemos concluir que as companhias que usam ChatGPT têm sido cuidadosas na implementação do programa”, afirma Gava. “Isso porque os funcionários mostraram que costumam realizar uma verificação dos resultados gerados pelo sistema, indicando que há consciência sobre as possíveis limitações do chatbot”, completa. O que, na visão da analista, resulta em uma integração positiva entre o trabalho de uma IA e a ação humana.

Para ter acesso a pesquisa completa, basta acessar: https://www.getapp.com.br/blog

Últimas

Gás natural chega ao Polo Gesseiro do Araripe

Gás natural chega ao Polo Gesseiro do Araripe

21/02/2024

Copergás inicia projeto piloto em abril e irá instalar terminal de regaseificação na região, que fica...

Categorias