19 de junho, 2024

Últimas:

Chuvas e quedas de energia: cuidados que ajudam durante desabastecimentos

Chuvas e quedas de energia: cuidados que ajudam durante desabastecimentos

Anúncios

Durante os meses mais chuvosos do ano, entre dezembro e março, é comum notícias de desabamentos e alagamentos em determinados pontos, como o caso do litoral norte de São Paulo que virou notícia no final de fevereiro devido às enchentes sem precedentes. Porém, outro problema recorrente são as quedas de energia elétrica que podem ser agravadas pelas chuvas. 

Seja devido aos ventos, queda de árvores e postes durante tempestades ou problemas elétricos em fiações causados por raios, a falta de luz durante as chuvas é uma realidade em diversas regiões. 

Anúncios

O problema pode ser mais ou menos recorrente de acordo com as características geográficas e estrutura elétrica da região em questão. Ainda assim, embora seja imprevisível, é possível estar preparado para eventuais desabastecimentos. Por isso, adotar certos hábitos pode ajudar os moradores a lidar com os períodos de falta de energia. 

  • Luz de emergência: recarregável e prática, a lâmpada deve ficar sempre plugada na tomada e, em momentos de desabastecimento, ela pode ser acionada e iluminar o ambiente. Os valores variam de R$ 15 a R$ 190

 

Anúncios

  • Lanternas: os modelos podem ser carregados na tomada, à base de pilhas ou de baterias. Estando sempre com carga, elas podem ser usadas durante longos períodos. É importante checar na embalagem por quanto tempo ela pode permanecer acesa 

 

  • Velas: é a opção menos indicada por ser a menos segura. Embora possam ajudar em uma emergência, as velas exigem uma série de cuidados. Entre eles deixar longe de crianças e pets, usar suporte adequado, não aproximas de fios elétricos e tecidos, como cortinas e cobertores, e nunca dormir com a  vela acesa ou deixá-la em um ambiente sem supervisão

 

  • Celular: apesar de ser uma opção prática, o uso da lanterna ou da luz do celular só é viável quando ele está carregado. Em alguns casos, ativar a função da lanterna pode até acelerar o consumo de bateria do aparelho

 

Além da iluminação 

Longos períodos sem energia elétrica, podem se tornar incômodos por outras razões que vão além da falta de luz. A impossibilidade de assistir televisão, falta de acesso a internet, água do chuveiro gelada e eletrodomésticos sem funcionar, por exemplo, podem incomodar moradores de regiões onde o desabastecimento elétrico é recorrente. 

“Os geradores são uma alternativa para quem enfrenta esse problema. Tomar os devidos cuidados para ter uma iluminação emergencial, caso necessário, é uma ótima decisão, pois protege o morador da escuridão total. No entanto, essa medida não evita outras dores de cabeça”, explica o especialista em grupos geradores da franquia Energ, Bruno Teixeira Moreira. 

Moreira comenta que um bom gerador, quando instalado corretamente, pode facilitar e fazer com que as pessoas não percebam que a energia foi afetada pelas chuvas. “O gerador vai fazer com que todos os aparelhos da casa funcionem normalmente, como se a energia não tivesse caído. Dessa forma, é possível manter todas as funcionalidades elétricas normais até que o problema seja resolvido pela companhia responsável”, finaliza. 

Talvez te interesse

Últimas

Uma rede de ensino particular está com mais de 100 vagas abertas para professores e professoras que desejam lecionar em...

Categorias