20 de junho, 2024

Últimas:

SEPRORGS e Fundação Tênis lançam formação em linguagem Python

SEPRORGS e Fundação Tênis lançam formação em linguagem Python

Anúncios

O SEPRORGS e a Fundação Tênis lançam o Grand Slam Python, um projeto que vai mover duas frentes essenciais: a formação de mão de obra qualificada para a TI e a geração de oportunidades para jovens, que poderão entrar no mercado de trabalho através da tecnologia e capacitados para trabalhar com a linguagem de programação mais demandada do mundo.

O foco do projeto são jovens a partir de 18 anos, estudantes ou egressos de escola pública ou com bolsa integral em escola privada. O formato das aulas poderá ser online, transmitidas a partir das empresas parceiras, com até 60 alunos por turma, ou presenciais, realizadas na sede da Fundação Tênis, no Instituto Caldeira, com até 30 alunos por turma.

Anúncios

Ao todo, são 53 módulos, distribuídos em 12 etapas, somando um total de 800 horas/aula distribuídas em 5 dias da semana, ao longo de 12 meses. Uma formação completa, sem comparação no mercado atual, e com condições que facilitam a adesão das empresas.

“As empresas podem participar no formato de aula presencial ou online”, detalha Luís Carlos Enck, o Biba, Superintendente da Fundação Tênis. “Uma formação com este conteúdo e duração, por valores acessíveis às empresas como os que este projeto pratica, é algo sem precedentes em nosso mercado”, complementa o presidente do SEPRORGS, Rafael Krug.

Anúncios

Sobre o conteúdo, será dividido em três áreas-foco: Fundamentos Python, Paradigmas da Programação, Desenvolvimento Web. Dentro disso, ao longo dos 53 módulos, serão formadas equipes, realizados projetos-cases e apresentados resultados, sempre com acompanhamento de professores especializados e uma equipe multidisciplinar, incluindo profissionais da área psicossocial.

Para Biba, o projeto vai em linha com os objetivos da Fundação Tênis, que desde sua fundação, em maio de 2001, atua como organização não governamental que tem como missão trilhar com crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade uma jornada de desenvolvimento socioeducacional, esportivo, cognitivo e emocional, criando um novo projeto de vida para um mundo em transformação.

Já o presidente do SEPRORGS, entidade que representa mais de 17 mil empresas da TI gaúcha, destaca que se trata de uma iniciativa fundamental para o setor. “Nosso setor abriu, em todo o país, mais de 160 mil vagas em 2022, mas formou só 53 mil profissionais. Vivemos um déficit de mão de obra, e o Grand Slam Python vem como uma grande ferramenta para mudar este cenário. Está nas mãos das empresas se engajar e participar para mudar esta realidade”, finaliza.

Para ser uma empresa parceira, é preciso entrar em contato com o SEPRORGS, que passará todas as orientações: relacionamento@seprorgs.org.br

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios O Projeto “Do Paisagismo Ambiental à Educação da Sustentabilidade: Parceria entre Arboricatu Unesp e Emefi Dr Cardoso De Almeida”...

Categorias