03 março, 2024

Últimas:

Comércio exterior brasileiro bate recorde de bilhões em negociações em 2022

Comércio exterior brasileiro bate recorde de bilhões em negociações em 2022

Anúncios

As transações, incluindo as exportações e importações brasileiras de 2022, a chamada cadeia comercial, atingiram o maior valor da série histórica de 30 anos, totalizando US$ 607,7 bilhões (R$3,1 trilhões) no período. Os dados trazidos pelo Governo Federal, com base em dados do Ministério do Comércio Exterior, mostram que o país registrou superávit de 61,3 bilhões de dólares (312 bilhões de reais) desde 2021.

Somente em dezembro de 2022, as importações acrescentaram US$21,9 bilhões (R$111,7 bilhões), alta de 12% em relação ao mesmo período do ano anterior. No acumulado em 12 meses, o patamar foi de US$ 272,7 bilhões (R$1,39 trilhão), um aumento de 24,3 % em relação a 2021. Segundo dados da Amcham Brasil, o destaque do período foram as importações dos Estados Unidos, que cresceram 30,3 % no ano, totalizando US$51,3 bilhões (R$261,6 bilhões).

Anúncios

Para Luis Felipe Campos, especialista do mercado de logística e Trade Brasil-Europa: “O resultado da balança comercial mostra a força e resiliência do comércio exterior brasileiro, nossas indústrias e do setor logístico, no cenário global. Apesar do cenário instável, aumento de custos e outros incidentes, o país tem mantido um fluxo constante, aumentando a venda de matéria-prima para novos clientes, tornando fundamental o resultado alcançado nesses dois últimos anos.”

As exportações também cresceram, atingindo US$26,7 bilhões em dezembro, crescimento de 14% em relação ao mesmo período do ano anterior, como indicam os dados da FGV. No acumulado do ano, o total remetido ao exterior totalizou US$335 bilhões (R$1,71 trilhão). Nessa modalidade, a União Europeia se destacou, com crescimento de 39,6% em 2022, com um total de US$51 bilhões (R$260 bilhões) provenientes do continente.

Anúncios

Em dezembro, os setores que mais se destacaram incluem a Indústria Extrativa, que cresceu 29% e somou US$ 2 bilhões; a Indústria de Transformação avançou com 12,1% com um total de US$ 19,3 bilhões, e Agropecuária, que encerrou o mês com US$ 500 milhões em transações, dados do Governo Federal

“Há muito espaço para o comércio exterior brasileiro se expandir. Somos um país de fonte rica em matéria-prima e fontes naturais, mas é necessário o estreitamento de relações com outros países aos quais temos sinergia. Os outros países precisam do Brasil, além disso, o fechamento de acordos comerciais de livre comércio como o Mercosul e União Européia, podem ser incríveis oportunidade para alavancar o comércio exterior brasileiro e aquecer a nossa econômia”, finaliza Luis Felipe Campos.

Últimas

Ninguém acerta e prêmio da Mega-Sena vai a R$ 205 milhões

02/03/2024

Anúncios Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.695 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (02) no...

Categorias