14 de julho, 2024

Últimas:

Soluções de WFM dinamizam setor da saúde

Soluções de WFM dinamizam setor da saúde

Anúncios

As unidades de saúde fornecem serviços médicos essenciais para o cuidado da saúde. Hospitais e clínicas oferecem tratamento para doenças, prevenção e diagnóstico de condições de saúde, bem como cirurgia e terapia. Além disso, são reconhecidas por prestar assistência aos pacientes ao longo de todo o processo de tratamento e desempenham um papel de destaque na sociedade, pois fornecem serviços acessíveis, que podem ajudar a melhorar a saúde dos cidadãos.

O que muita gente não entende é que uma unidade de saúde demanda dezenas, centenas e, às vezes, milhares de colaboradores para que o atendimento de saúde corra conforme planejado – o que costuma representar um desafio para os departamentos de RH (Recursos Humanos). E é nesse ponto que uma ferramenta de WFM (Workforce Management, em inglês – gerenciamento de força de trabalho, em português) pode ser uma alternativa para as empresas deste setor.

Anúncios

Para Karine Vilan, analista de implementação da SISQUAL® WFM, a principal vantagem da utilização de uma ferramenta de WFM no setor da saúde é que o próprio sistema mostra, de forma clara e objetiva, a quantidade de horas previstas de trabalho através da comparação com a escala criada pelo gestor. Esta ação permite fazer um planeamento igualitário e justo, tanto para os colaboradores, como para o hospital.

“Desta forma, é possível assegurar uma melhor gestão das equipes e dos seus horários, mas também dos respetivos níveis de serviço, através da geração automática de alertas com o intuito de não comprometer a atividade hospitalar no seu todo”, explica.

Anúncios

Vilan destaca que o setor da saúde é dinâmico, motivo pelo qual as ferramentas de gerenciamento de força de trabalho são uma alternativa para os gestores operacionais ou chefias, pois facilitam a gestão das escalas – resultando em uma visão clara da quantidade de colaboradores disponíveis por turno.

“Através de um acesso fácil, rápido e atualizado do saldo de horas, é possível fazer o planejamento prévio de futuras operações”, diz.

Como implementar uma solução de WFM?

A analista de implementação explica que a execução de um software de gerenciamento de força de trabalho exige o recolhimento de dados e o levantamento de informações para que a plataforma possa identificar os pontos de melhoria.

“Depois da configuração do sistema para receber os colaboradores, a equipe que vai utilizar a ferramenta deve passar por uma formação. O processo costuma envolver colaboradores de RH, TI (Tecnologia da Informação) e de assistência que, por sua vez, podem atuar como multiplicadores de informação para os restantes gestores”, explica.

Raphael Gonçalves, gestor de projetos responsável pelas equipes da Bahia e São Paulo da SISQUAL® WFM, explica que, em uma fase seguinte, é feita a utilização do sistema por um setor piloto que será responsável por identificar ajustes necessários antes de o sistema entrar em produção.

“Posteriormente, e após garantir a integridade dos dados, todo o hospital deve entrar em produção, havendo sempre um acompanhamento desta ação por parte dos times de RH”, afirma.

De acordo com o gestor de projetos, a empresa responsável pela ferramenta de WFM deve realizar o monitoramento do cliente depois da implementação do sistema. “É necessário fazer o acompanhamento de, pelo menos, duas folhas de pagamento de forma a fazer a verificação da informação. Além disso, a empresa deve se colocar sempre à disposição para tirar as dúvidas dos clientes e fazer possíveis ajustes”.

Após esta fase de implementação, prossegue, o cliente pode passar para a fase de suporte, na qual é determinado um fluxo de comunicação com o objetivo de atender a pedidos de serviço. 

Para Raphael Gonçalves, uma empresa de WFM deve apoiar as instituições potencializando a gestão das equipes de RH e melhorando a qualidade de vida tanto do ponto de vista do empregador como do colaborador. “O setor da saúde tem demonstrado ser uma aposta ganha na implementação da ferramenta de gestão de WFM, permitindo salvaguardar não só a operacionalidade dos cuidados de saúde, como a segurança do paciente”, conclui o gestor de projetos da SISQUAL® WFM no Brasil.

Para mais informações, basta acessar: https://www.sisqualwfm.com/

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Maria Bozzoni Lourenço – 85 anos Sepultamento Cemitério Portal das Cruzes 15/07/24 às 10h Velório Complexo Funerário Anúncios Genitora...

Categorias