Vilã em Amor de Mãe, atriz botucatuense Arieta Corrêa recebe ameaças nas ruas

Até onde vai a obsessão de uma mulher para manter um casamento, mesmo que não haja mais qualquer resquício de amor entre o casal?

Para Leila, personagem vivida pela botucatuense Arieta Corrêa em Amor de Mãe, novela da TV Globo, limite é algo que simplesmente não existe. Esposa de Magno (Juliano Cazarré) – com quem tem uma filha, Brenda (Clara Galinari) –, ela extrapolou o bom senso e será recompensada nesta semana, no capítulo de quinta-feira, dia 6, quando o frentista sairá da prisão e irá reatar o relacionamento com ela.

Isso para a fúria de boa parte do público, que afirma: Leila é do mal. “Vou dar três murros na sua cara!”, já ouviu a atriz em tom de brincadeira nas ruas, onde é alvo do carinho e do ódio dos telespectadores.

O passo a passo de Leila

Para entendermos melhor essa história, precisamos retroceder no tempo. Cerca de oito anos atrás, Magno e Leila estavam com o casamento em crise e ele queria o divórcio. Então, um trágico acidente de carro deixou a mulher em coma por vários anos. Sozinho e carente, o frentista se apaixonou por Betina (Isis Valverde) – enfermeira que cuidava de sua esposa – logo após matar o irmão dela, Genílson (Paulo Gabriel), que tentava estuprar uma mulher. Com isso, os dois iniciaram um romance, mas algo os surpreendeu: Leila saiu do coma e se mostrou disposta a retomar a relação com o marido.

Estevam Avellar/TV Globo
Arieta Côrrea vive Leila em Amor de Mãe

A partir daí, Leila infernizou Magno e Betina. Fingiu estar paraplégica para que ele não a abandonasse, o convenceu a continuar casado para manter o plano de saúde do qual necessitava e chegou a tentar se matar.

Socorrida pelo marido, ela mexeu o braço e entregou que sua deficiência física era uma farsa. Então, quando tudo parecia perdido, Leila ultrapassou os limites: descobriu que Magno matou Genílson, irmão de Betina, e o denunciou à polícia. Ele foi preso, perdeu a inconformada noiva e virou presa fácil para a esposa, que passou a bancar a atenciosa e vai reconquistar o marido nos próximos capítulos.

“A Leila quer o marido de volta de qualquer jeito e eu a entendo, mas como ser humano eu teria minhas ressalvas”, disse a atriz, nascida em Botucatu (SP).

Aos 42 anos, Arieta estreou na TV na novela Explode Coração, em 1995. Depois, participou de novelas como O Rei do Gado (1996), Suave Veneno (1999), Viver a Vida (2009) e Insensato Coração (2011), além de seriados e minisséries, a exemplo de Labirinto (1998) e A Casa das Sete Mulheres (2003), Força-Tarefa (2011) e A Teia (2014). Com Amor de Mãe, a atriz experimenta o doce sabor do sucesso vivendo Leila.

Fonte: Metropoles

Últimas

Botucatu: Geada prejudica produtores locais e consumidor sentirá no bolso a alta nos preços dos alimentos

31 jul 2021

Agricultores relatam perdas com o registro de geada na manhã desta quinta-feira (29). O frio intenso decorre da massa de ar...

Categorias

Scroll Up