Mãe tenta levar pizza com maconha a filho preso na Penitenciária de Assis

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O fim de semana em alguns dos presídios do Centro-Oeste Paulista foi marcado pela tentativa de visitantes de entrarem nas unidades com drogas que seriam destinadas aos detentos. O caso mais curioso aconteceu no Presídio de Assis (SP), onde uma mulher deixou ao filho pizza com maconha (foto).

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), por volta das 12h15 deste domingo (5), após ter realizado visita ao filho que cumpre pena na unidade, a mulher deixou alguns itens para serem entregues ao filho.

Na revista, agentes da unidade encontraram um recipiente contendo pizza que estava recheada com maconha. A Polícia Militar foi acionada.

Também no domingo, outro flagrante da região foi registrado na Penitenciária de Florínea. A companheira de um dos presos foi surpreendida na revista com maconha misturada com achocolatado em pó. A visitante foi conduzida para a Delegacia de Polícia local.

As duas mulheres poderão responder a processo criminal. Também foi instaurado procedimento disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam o entorpecente.

Segundo a SAP, as pessoas flagradas tentando entrar em presídios com objetos ilícitos são automaticamente suspensas do sistema de visitas.

Na Penitenciária de Florínea, a tentativa de levar droga a preso foi feita com achocolatado em pó (Fotos: SAP/Divulgação)

Outros casos

Casos como esse são comuns no Centro-Oeste Paulista. Só neste ano, a SAP divulgou diversas ocorrências do tipo na região.

Em janeiro, no CDP de Bauru, uma visitante foi flagrada pelos aparelhos de raio X ao tentar entrar na unidade com maconha escondida em cabos de vassoura. Na penitenciária de Marília, uma mulher foi surpreendida ao levar marmita com carne recheada de maconha para filho.

Em fevereiro, outra mulher foi surpreendida no presídio de Assis com bombons recheados com drogas. No CDP de Bauru, a visitante flagrada levava droga misturada em um picadinho de carne com batata. Também em Assis, o flagrante foi de maconha escondida dentro de um saco de achocolatado em pó.

No final de julho, uma mulher de 24 anos foi flagrada tentando entrar no presídio de Reginópolis com maconha escondida no elástico usado para prender seu cabelo.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes