Itatinga:  Mãe procura por filha que desapareceu após pai ter matado homem

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Uma mulher de 29 anos está desesperada em busca da sua filha Tainá, de 8 anos, desparecida desde a segunda-feira (4) em Itatinga, na região de Botucatu.

De acordo com Priscila Alves, o pai de sua filha, Gerson Martins de Campos, foi indiciado pelo homicídio de um homem de 44 anos, durante o final de semana.

Como Gerson se apresentou como autor do crime, foi determinado que ele iria responder pelo crime em liberdade, pelo fato de ter se apresentado espontaneamente à polícia, possuir emprego com registro em carteira e residência fixa, e ter assumido o compromisso de comparecer a todos os atos do processo.

Priscila contou ao Leia Notícias que desde que o ex marido foi solto toda família desapareceu, inclusive sua filha que vivia com o pai e a madrasta. Ela foi até o Plantão Policial para registrar a queixa de desaparecimento, mas como a filha deverá ser entregue para visita somente na sexta-feira, como determinou a Justiça, não existe desrespeito da decisão judicial.

A mãe segue aflita sem saber como e onde está a filha após o crime cometido pelo pai.

Entenda o crime

Um homem de 44 anos morreu neste final de semana, em Itatinga, após ser atingido na cabeça por um golpe de machado em frente a uma casa de eventos no cruzamento das ruas Prefeito Dr. Omar Alabi e Pedro de Toledo, no Centro. O autor do crime se apresentou à polícia e irá responder ao inquérito em liberdade.

De acordo com o registro policial, o fato ocorreu na madrugada de domingo (3), por volta das 4h45. Por razões a serem esclarecidas, Raimundo Nonato Soares Serrão envolveu-se em uma confusão e acabou sendo ferido na cabeça por um golpe de machado.

Populares acionaram o socorro e a vítima foi levada por uma ambulância municipal ao Pronto-Socorro (PS) da cidade, onde já chegou sem vida. O autor do crime fugiu, mas apresentou-se na tarde de segunda-feira (4) à polícia acompanhado de advogado.

Em depoimento ao delegado Antenor de Jesus Zeque, o homem de 32 anos, que não teve nome divulgado, declarou que estava em frente à casa de eventos quando viu a vítima, que conhecia apenas de vista, envolver-se em uma briga com outras pessoas.

Segundo a versão dele, logo após a confusão, Raimundo teria partido em sua direção com uma faca e desferido dois golpes que atingiram de raspão sua barriga e um golpe que acertou a parte de baixo do seu braço direito e chegou a transfixar o membro.

O autor disse ao delegado que correu em direção ao seu veículo e pegou um machado para tentar impedir que as agressões continuassem, mas a vítima não teria se intimidado e ele acabou desferindo um golpe na direção dela, deixando o local na sequência.

Fonte: Leia Notícias (com JCnet)

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes