Crianças brasileiras separadas nos EUA já foram reunidas com os pais

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Todas as crianças e os adolescentes brasileiros separados dos pais desde o início da política de tolerância zero de Donald Trump, em abril, já foram reunidas com suas famílias, segundo o Ministério das Relações Exteriores.

Ao menos 49 menores vindos do Brasil foram enviados para abrigos no período, localizados em Chicago, Arizona, Texas, Califórnia, Flórida e Nova York.

A maior parte foi reunificada nos Estados Unidos com os familiares, que respondem ao processo de deportação em liberdade. Em outros casos, os menores foram transferidos para centro de detenções de imigração onde os pais aguardam julgamento. Uma minoria foi encaminhada direto para o Brasil, para reunificação no país.

O Itamaraty relatou ainda o caso de brasileiros que cruzaram a fronteira com 17 anos e, enquanto estavam nos abrigos, fizeram aniversário e atingiram a maioridade. Foram transferidos para centros de detenção para serem deportados ou responderem em liberdade, dependendo do caso.

O ministério não soube informar quantos brasileiros, exatamente, se encaixam em cada categoria.

Em abril, o presidente americano Donald Trump passou a processar criminalmente os estrangeiros pelo crime de travessia ilegal, enviando-os para presídios federais, sem os filhos.

Em torno de 3.000 crianças e adolescentes foram separados das famílias até o americano assinar uma ordem executiva determinando que os imigrantes ficassem juntos dos menores enquanto o processo pela entrada ilegal transcorresse.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes