8 mitos desmentidos pela ciência: todos eles muita gente jura ser verdade até hoje

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Alguns conselhos que ouvimos de nossas mães e avós podem realmente ter fundamento e serem passados para as futuras gerações, mas grande parte deles não passam de mitos que, apesar de já terem sido desmentidos pela ciência, muita gente jura ser verdade até hoje. Confira exemplos clássicos:

Mitos populares derrubados pela ciência

1. Ver TV de perto “estraga a vista”: o contato durante muito tempo com a luz da TV, celular ou computador realmente pode causar cansaço nos olhos e ressecar o globo ocular, mas o desconforto é momentâneo e não provoca danos permanente à visão.

2. Entrar na piscina ou no mar depois de comer é perigoso: ao contrário do que muita gente imagina, não é o contato com a água que poderia ser arriscado para a saúde. O único malefício real é nadar de forma intensa ou mesmo praticar outro tipo de atividade física, que atrapalharia a circulação do sangue que deve estar concentrado na digestão.

3. Ficar sem blusa no frio provoca gripe: friagem, bebidas geladas, chuva, caminhar descalço, enfim, nada disso é capaz de gerar um quadro de gripe que, na realidade, só ocorre pela infecção do vírus.

4. Tomar sorvete demais dá dor de garganta: assim como a gripe, a inflamação da garganta é ocasionada por vírus ou bactérias e não pelo consumo de sorvetes ou outras comidas e bebidas geladas.

5. Consumir leite com manga faz mal: bastante antigo e passado de gerações para gerações, o mito não possui qualquer base científica. Portanto, misturar os dois alimentos está liberado.

6. Lavar o cabelo menstruada faz mal: outro mito antigo que não tem nenhum fundamento, afinal, o útero não possui qualquer ligação com o cabelo. Higienizar os fios durante o período, portanto, não prejudica a saúde.

7. Se a criança pular, a caxumba “desce”: a doença é infecciosa, provocada por um vírus, incha o pescoço e pode atingir testículos e ovários, mas não é capaz de se locomover pelo corpo a partir de simples pulos.

8. Comer muito à noite dá pesadelo: exagerar nas refeições, especialmente no jantar, pode provocar desconforto gástrico e até mesmo prejudicar o sono, mas o excesso de alimentos não tem relação com sonhos ruins.

Fonte: Vix

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes