6 hábitos mantêm os italianos saudáveis e magros mesmo com tanto macarrão e vinho

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Macarrão, pizzas, vinho, queijo… Com uma dieta assim, os italianos têm tudo para ter uma péssima saúde, certo? Errado! Na verdade, essa é só uma parte da rotina deles que são considerados pela OMS a sexta população com maior expectativa de vida, podendo viver até quase 83 anos, em média.

Além disso, a Itália é o terceiro país com menor taxa de obesidade segundo a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Mas qual seria o segredo de tamanho sucesso com relação à qualidade de vida?

Italianos são magros graças a 6 hábitos

Italianos não comem só massa

Ao contrário do que muita gente imagina, a culinária italiana não está completamente baseada em macarrão. Sim, eles são muito bons nisso, mas o cardápio deles varia de acordo com a estação e com os produtos sazonais.

Além disso, é de praxe que eles comprem alimentos orgânicos e de produtores pequenos, uma ótima opção para deixar de lado os produtos industrializados. Nem mesmo os restaurantes podem servir comida congelada sem informar aos clientes.

Dieta mediterrânea

Além de preferirem produtos frescos, a dieta dos italianos é, na verdade, tomada por vegetais e frutas. Basta conversar com um italiano para descobrir que seus pratos favoritos costumam levar alcachofras, bons tomates e, para sobremesa, os morangos frescos também não podem faltar. Já quando o assunto é carne, as brancas são preferência.

Porções reduzidas

Mesmo que a escolha da refeição seja macarrão, não pense que você encontrará pratos recheados nas casas dos italianos como costumam ser nas cantinas espalhadas por aí.

Por lá, o grande aliado da boa saúde é a moderação, não as calorias. Por isso, comem tudo o que gostam em pequenas porções. Até mesmo as pizzas não tem nada de parecido com as brasileiras ou americanas: costumam ter massa fina e pouco recheio.

Desacelerar nas refeições

Para os italianos, o conceito de fast-food é impensável. Sendo assim, eles preferem parar para fazer uma boa refeição com calma e tranquilidade. É muito comum, ainda, que eles voltem para casa para almoçar e poderem relaxar.

Descanso após refeições

As siestas não são famosas apenas na Espanha. Na verdade, os italianos também fazem uso deste tempo após o almoço para descansar. Desacelerar neste período do dia é palavra de ordem para eles.

Prática de exercícios

É muito comum que os italianos façam suas atividades a pé ou de bicicleta. Assim, eles costumam ser mais ativos mesmo não sejam lá muito adeptos das academias. Até mesmo após o jantar, é comum que eles saiam para caminhar um pouco ao invés de ficarem sentados no sofá.

Beber com moderação

Apesar do consumo alto de vinho, os italianos não costumam beber para ficarem embriagados. Na verdade, a taça de vinho costuma aparecer apenas durante as refeições.

Talvez este seja também um dos segredos deles, já que acredita-se que uma quantidade moderada de vinho tinto reduza o risco de ataque cardíaco e o colesterol.

Fonte: Vix

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes