TJD suspende Clayson e Felipe Melo, mas penas ficam para 2019

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) suspendeu na noite desta segunda-feira o volante Felipe Melo e o atacante Clayson por cinco e quatro jogos, respectivamente, em julgamento realizado na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), por causa da confusão no primeiro jogo da final entre Palmeiras e Corinthians. Ambos, no entanto, só vão começar a cumprir a pena no Campeonato Paulista do ano que vem.

A seção, que sucedeu o arquivamento do inquérito que apontava interferência externa na decisão do torneio, contou com a presença do corintiano e dos advogados dos dois clubes. Por estar com a delegação palmeirense que viaja nesta noite para a Argentina, local da partida contra o Boca, em Buenos Aires, Felipe Melo não pôde comparecer.

O voto para as penas foi dado pelo relator do processo, João Batista Pereira Neto, e foi seguido pelos outros auditores do julgamento. Os dois clubes podem recorrer das suspensões, que nada influenciam no decorrer deste ano, até segunda-feira da semana que vem, em julgamento que ficaria para o Pleno do TJD.

Também denunciado, o zagueiro Henrique foi absolvido da acusação de cuspir no atacante Borja, do Palmeiras. O atacante Lucca, agora no Internacional, e o auxiliar do Palmeiras, Rodrigo Ribas, envolvidos na discussão, foram outros que acabaram absolvidos.

O Corinthians, por sua vez, acabou recebendo uma multa de R$ 30 mil por causa dos sinalizadores acendidos na parte final do confronto. O Alvinegro foi absolvido da acusação de um copo arremessado no gramado durante o jogo.

 

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes