Quarta etapa do Rali Dakar é marcada por grave acidente de moto

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O dia das motos no Rali Dakar foi muito agitado. Nesta terça-feira, foi realizada a etapa de San Juan de Marcona (330 km), a quarta da competição, e dois episódios marcaram a prova. O primeiro deles foi o acidente do britânico Sam Sunderland (KTM), que teve de ser retirado de helicóptero do local, enquanto o segundo ficou por conta da vitória do francês Adrian van Beveren, que assumiu a liderança geral da categoria.

Depois de vencer duas das três primeiras etapas do torneio, Sunderland se acidentou nesta tarde e fraturou a coluna. Apesar de ter sido descartada a existência de sequelas, a permanência do piloto no complemento da atual edição do Rali Dakar foi vetada pelos médicos.

Com a saída do britânico, o vencedor da quarta etapa passou a assumir a liderança graças à vitória. O triunfo desta terça, bem como o desfalque de Sunderland fizeram com que Beveren chegasse ao topo até o momento, com tempo total de 11h03min23s.

Confira a classificação geral das motos após a quarta etapa:

1 – Adrien van Beveren – Yamaha – 11h03min23s2

2 – Pablo Quintanilla – Husqvarna/ +1min55s

3 – Kevin Benavides – Honda/ +3min15s

4 – Matthias Walkner – KTM/ +5min23s

5 – Xavier de Soultrait – Yamaha/ +7min34s

6 – Toby Price – KTM/ +10min14s

7 – Jose Ignacio Cornejo – Honda/ +12min06s

8 – Franco Caimi – Yamaha/ +12min48s

9 – Gerard Farres – KTM/+13min05s

10 – Antoine Meo – KTM/ +13min47s

Kariakin vence nos quadriciclos por 43 segundos de diferença

A emoção também tomou conta dos quadriciclos na quarta etapa do Rali Dakar. Nesta terça, o russo Sergei Kariakin (Yamaha) derrotou Ignacio Casale, do Chile, por apenas 43 segundos de diferença e colocou pressão na briga pelo título.

Apesar do triunfo, Kariakin ainda ficou atrás de Casale na tabela geral dos quads. O sul-americano sobra na liderança da categoria, com tempo total de 13h00min42s, 25min30s à frente do russo, vencedor dos 330 km de San Juan de Marcona.

A etapa dos quadriciclos desta tarde voltou a contar com a presença do brasileiro Marcelo Medeiros. No entanto, o maranhense novamente decepcionou e ficou com modesto 13º lugar do dia, mesma posição que ocupa na tabela geral, 3h15min57s atrás do líder

Confira a classificação geral dos quadriciclos após a quarta etapa:

1 – Ignacio Casale – Yamaha/ 13h00min42s

2 – Sergei Kariakin – Yamaha/ 25min30s

3 – Alexis Hernandez – Yamaha/ +35min01s +2min00s de penalidade

4 – Pablo Copetti – Yamaha/ +40min00s

5 – Gustavo Gallego – Yamaha/ +44min16s

6 – Jeremias Gonzalez – Yamaha/ +53min53s

7 – Rafal Sonik – Yamaha/ 1h01min09s

8 – Nicolas Cavigliasso – Yamaha/ 1h10min49s

9 – Axel Dutrie – Yamaha/ 1h25min53s +10min00s de penalidade

10 – Simon Vitse – Yamaha/ +1h34min22s

13 – Marcelo Medeiros – Yamaha/ +3h15min57s

Loeb fatura quarta etapa, mas Peterhansel mantém liderança

Esta terça-feira foi dia de um tradicional piloto dos carros do Rali Dakar conquistar sua primeira vitória em 2018. Vice-campeão do torneio em 2017, o francês Sébastien Loeb (Peugeot), junto de seu navegador polonês Daniel Elena, ficou com a primeira posição do dia, passando a linha de chegada 1min35s à frente do espanhol Carlos Sainz, que corre ao lado do compatriota Lucas Cruz.

Mesmo com a vitória, Loeb se manteve 6min55s atrás da lenda Stephane Peterhansel e do navegador Jean Paul Cottret, ambos franceses, na classificação geral. A dupla francesa acumula tempo total de 10h36min07s e terminou no terceiro lugar nesta tarde.

 

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes