Palmeiras e Flamengo duelam pressionados e buscando apenas o G4

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

No dia 14 de novembro de 2016, Palmeiras e Flamengo se enfrentaram no Palestra Itália em partida que foi apontada como uma final antecipada do Campeonato Brasileiro, que teve o Verdão campeão e o Rubro-Negro vice. Na ocasião os rivais empataram por 1 a 1. Quase um ano depois, neste domingo, 12 de novembro, às 17h (de Brasília), as duas equipes se enfrentam novamente na Arena alviverde, mas com perspectivas bastante diferentes.

Palmeiras e Flamengo duelam buscando apenas uma vaga no G4, para garantir classificação direta à fase de grupos da Copa Libertadores. O Alviverde até chegou a depender apenas de si para ser campeão brasileiro, bastando vencer Cruzeiro no Palestra Itália e Corinthians em Itaquera para assumir a liderança do torneio. O empate contra os mineiros e a derrota para o rival, porém, deixaram a equipe com 54 pontos, a 11 do líder, e pressionada pela própria torcida.

“Ninguém aqui é máquina, está todo mundo triste, mas ao mesmo tempo confiante que vamos conseguir o objetivo. Primeiro era ser campeão, ficou distante, agora temos que classificar para a Libertadores. Temos cinco jogos que podemos mudar essas opiniões, que o time não joga com raça, não presta, tem que vender esse… Uma semana atrás estávamos a cinco pontos do líder. Acreditamos no trabalho e no dia a dia”, afirmou o zagueiro Edu Dracena.

Após o revés por 3 a 2 sobre o Vitória, na última quarta-feira, os muros do Palestra Itália foram pixados chamando o time de sem vergonha e questionando a ausência de Felipe Melo entre os atletas titulares. Em seguida, houve uma discussão e troca de xingamentos de Egídio com um torcedor durante desembarque do clube, e a principal organizada da equipe chegou a elaborar uma ‘lista de dispensas’ para 2018. Além disso, a Mancha Alviverde promete protestos no CT no dia do confronto.

“Desde que estou aqui, já são três anos, a torcida se comportou da melhor forma possível em todas os momentos difíceis, principalmente dentro do estádio, nos ajudando, apoiando, não vai ser diferente neste domingo. Lógico que o torcedor não está contente, como não estamos. Conversamos com alguns jogadores até de madrugada. Eu acredito que o torcedor vai ao estádio nos apoiar”, afirmou o técnico Alberto Valentim.

Além do fracasso no Campeonato Brasileiro, o Palestra caiu nas quartas de final do Campeonato Paulista para a Ponte Preta, nas quartas da Copa do Brasil para o Cruzeiro e nas oitavas de final da Libertadores para o Barcelona de Guayaquil. Ao todo, o Verdão investiu R$ 116,9 milhões em reforços neste ano.

Pelo lado do Flamengo, a pressão maior sobre o elenco é devido ao desempenho abaixo do esperado neste Campeonato Brasileiro. Os rubro-negros, sétimos colocados com 50 pontos, iniciaram a competição como um dos favoritos ao título, mas buscam terminar no G4 para não sofrer com a Pré-Libertadores no começo da próxima temporada.

Durante todo Campeonato Brasileiro, os flamenguistas oscilaram e nunca estiveram próximos da briga pelo título. Outro fator para o atual momento da equipe são as atuações abaixo da média, principalmente fora de casa.

Para a partida na capital paulista, o técnico Reinaldo Rueda segue sem poder contar com o meia Diego, que está com a Seleção Brasileira, além do atacante Paolo Guerrero, suspenso pela Fifa após ser flagrado no antidoping. O atacante Lucas Paquetá, suspenso, é outro desfalque.

Pelas baixas e respaldado pela boa atuação na rodada passada, o treinador deve manter quase toda escalação que começou o jogo contra o Cruzeiro. A tendência é a de que Vinícius Júnior ganhe a chance entre os titulares na vaga de Paquetá.

“A gente espera um Palmeiras muito forte. Eles vão fazer um jogo muito difícil lá, mas temos condições de vencer e vamos buscar o bom resultado”, disse o lateral esquerdo Renê.

FICHA TÉCNICA – PALMEIRAS X FLAMENGO

Data: 12 de novembro de 2017, domingo

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo

Horário: 17 horas (de Brasília)

Árbitro: Braulio da Silva Machado – SC (CBF)

Assistentes: Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back (ambos SC (FIFA))

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho (Luan) e Michel Bastos (Zé Roberto); Bruno Henrique (Guerra), Tchê Tchê (Felipe Melo) e Moisés; Keno, Dudu e Willian (Deyverson )

Técnico: Alberto Valentim

FLAMENGO: Diego Alves; Pará, Rhodolfo, Rafael Vaz e Renê; Gustavo Cuéllar, William Arão, Éverton Ribeiro e Éverton; Felipe Vizeu e Vinícius Júnior

Técnico: Reinaldo Rueda

 

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes